Uma exposição pra lá de especial

Os artistas Lara e Brenno expõem seus trabalhos no Calçadão de Rolândia neste sábado, 1º de abril; ah, eles são autistas

Publicado: 26/03/17 • 08h44
Atualizado em: 31/03/17 • 20h28

    Uma exposição que vai dar o que falar. Assim deve ser a mostra dos trabalhos dos artistas Brenno Dezan, 11 anos, e Lara Albara, 07. Os dois artistas são autistas e têm na arte mais que uma terapia, uma verdadeira paixão: Lara pinta quadros e Brenno faz seus origamis. A exposição dos dois artistas será neste sábado no Calçadão de Rolândia, véspera do Dia Mundial da Conscientização do Autismo.

Terapias
    “O Brenno fica bem mais concentrado quando está em seus origamis”, ressaltou Cinthia Forzan, mãe do menino. “A Lara gosta muito de pintar, pois usa as mãos. É um momento que ela se concentra, o que é um pouco mais difícil para ela, ficar parada. Pintando, fica mais concentrada”, afirmou Ana Paula Moreno Silva Albara sobre a filha.
Filho de Cinthia e Nivaldo, Brenno começou a dobrar seus origamis há bastante tempo, mas há cerca de um ano e meio começou a se dedicar mais à arte. “É uma terapia que tem ajudado. Ele está bem mais tranquilo”, afirmou Cinthia.
     Já Lara, filha de Ana Paula e André, começou a pintar quando sua avó, Lourdes Albara, deu um cavalete e telas como presente de aniversário, há cerca de dois anos. “Era para estimular e ela acabou gostando muito”, relembra Ana Paula. Para a exposição, a pequena artista irá expor de 10 a 15 obras, pintadas ao longo desse tempo.

“As pessoas que não conhecem o autismo realmente podem ficar assustadas, mas o autista é muito sincero e inocente também. Tudo o que ele faz, de maneira agitada, às vezes é porque ele não está confortável. É preciso ter paciência, mas o problema maior das pessoas é o julgamento e a confusão entre uma criança mimada e autista”, reforçou Ana Paula. “O importante é a informação”, sacramentou Cinthia.
    As duas mães pertencem à AMARE (Associação de Mães Rolandenses Especiais), criada no ano passado. O objetivo da Associação é atender mães de crianças especiais – portadoras de qualquer tipo de transtorno e deficiência física e mental. A Associação já possui cerca de 50 mães. Mais informações sobre a AMARE pelos telefones 9 9984 5595 (Lourdes Albara) ou 9 9658 1933 (Cinthia).

Autismo
     O autismo é um transtorno neurológico que se manifesta em diversos níveis. Os sintomas mais comuns são dificuldade de comunicação e interação social, interesses obsessivos e comportamentos repetitivos.
Cerca de 60% das crianças com autismo apresentam sinais ao nascer. Uma vez identificado que o processo de desenvolvimento está alterado, a criança deve ser examinada por uma equipe multidisciplinar (pediatra, psiquiatra infantil, neurologista infantil, fonoaudiólogo, terapeuta ocupacional, psicólogo, psicopedagogo, professores) para diagnóstico e tratamento.
     O diagnóstico precoce e a implantação correta dos tratamentos resultarão em significativa melhoria no desenvolvimento infantil e na qualidade de vida da criança e de seus familiares.

Fotos desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.