Milhares de fiéis inauguram Jesus Misericordioso

Inauguração da estátua foi no encerramento da procissão de Corpus Christi, e atraiu milhares de pessoas

Publicado: 15/06/17 • 17h53
Atualizado em: 20/06/17 • 20h31

A estátua de Jesus Misericordioso foi inaugurada no encerramento da procissão de Corpus Christi, na tarde desta quinta-feira (15) e atraiu mais de 3 mil pessoas à praça da Igreja Matriz São José, em Rolândia. A imagem, instalada na praça na quarta-feira (14), é feita de fibra de vidro e tem 6 metros de altura - sua base é de cimento e tem mais 4 metros de altura. A imagem tem um valor estimado em 50 mil reais e foi uma oferta de empresários da cidade. “Ela representa Cristo Misericordioso, em quem se pode confiar”, afirmou o monsenhor José Agius, pároco de Rolândia.

Monsenhor destacou que a estátua vem para abençoar a paróquia, assim como as demais já existentes. “Começou com o primeiro cruzeiro da Igreja Matriz antiga, que estava ainda na fachada e foi recuperado e colocado como homenagem aos pioneiros. Depois ganhamos mais quatro estátuas que são os quatro evangelistas, agora veio o Cristo da Misericórdia para completar”, declarou o pároco. Todas as estátuas e os pedestais, inclusive a de Jesus, foram feitas na Pietá - Arte em Cimento, de Londrina.

A imagem de Cristo Misericordioso vem da tradição polonesa, mais especificamente de Santa Faustina, como contou o religioso. “É o Cristo de bênção, abençoando, e tem um raio saindo do coração, porque de acordo com os Evangelhos, quando Jesus morreu na cruz, um soldado romano o perfurou com uma lança para ver se estava morto ou não”, explicou. “Saiu sangue e quando não tinha mais sangue para sair, saíram algumas gotas de água”, completou o Monsenhor. “Então a cor vermelha do raio representa o sangue e a cor azulada representa a água do mar”, afirmou.

A inauguração da estátua, a missa e a procissão de Corpus Christi estão dentro do Cristo Luz 2017, que teve palestras de Marcio Mendes, da Canção Nova, no final da semana passada. O evento continua neste domingo (18) com a concentração paroquial dos Grupos Bíblicos de Reflexão no Centro Paroquial de Pastoral às 15 h e a missa presidida pelo Bispo Administrador Apostólico, Dom Manoel João Francisco, na Igreja Matriz às 19 h. Na segunda (19), haverá a Missa “por Cura e Libertação” na Igreja Matriz às 9h30.

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.