Vacinação contra a febre amarela em Rolândia

Vacina é aplicada em dias específicos em cada UBS; saiba as contra indicações e recomendações para prevenção

Publicado: 08/02/18 • 14h15
Atualizado em: 09/02/18 • 23h03

O surto da febre amarela em pontos específicos do país assusta a população e prontamente aumentou a procura pela vacina em todo o Brasil. Apesar do surto não estar localizado na região, a situação ressalta a importância de manter as vacinas em dia. Em Rolândia, a vacinação é realizada em cada Unidade Básica de Saúde (UBS) em dias estipulados. Nas segundas-feiras, a vacinação contra febre amarela é realizada na UBS Central e do Jardim Nobre.

Na terça, nas UBSs da Vila Oliveira, San Fernando e Bartira. Na quarta, somente na UBS Central. Na quinta, a vacinação acontece nas UBSs do Tomie Nagatami, São Martinho e Parigot. Na sexta, é a vez das UBSs do Santiago e Vila Oliveira. Para receber a vacina é necessário levar a carteira de vacinação.

É importante lembrar que a vacina é contra indicada para alérgicos a ovo, gestantes e crianças antes dos nove meses. De acordo com informações do Ministério da Saúde, seguindo a recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS), a vacina de febre amarela é efetiva em dose única, ou seja, quem já foi vacinado contra a doença não precisa se vacinar novamente. Em caso de dúvida em relação a ter se vacinado ou não, o aconselhamento é buscar a vacinação.

Transmissão e prevenção
Como a transmissão urbana da febre amarela só é possível através da picada de mosquitos Aedes aegypti, a prevenção da doença deve ser feita evitando sua disseminação. Os mosquitos criam-se na água e proliferam-se dentro dos domicílios e suas adjacências. Qualquer recipiente como caixas d’água, latas e pneus contendo água limpa são ambientes ideais para que a fêmea do mosquito ponha seus ovos, de onde nascerão larvas que, após desenvolverem-se na água, se tornarão novos mosquitos. Portanto, deve-se evitar o acúmulo de água parada em recipientes destampados. Além disso, devem ser tomadas medidas de proteção individual, como a vacinação contra a febre amarela, especialmente para aqueles que moram ou vão viajar para áreas com indícios da doença. Outras medidas preventivas são o uso de repelente de insetos, mosquiteiros e roupas que cubram todo o corpo.






Fotos desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.