CPI cancela oitivas e deve remarcá-las

Oitivas agendadas para a semana passada foram canceladas e devem ser agendadas ainda esta semana

Publicado: 10/07/18 • 10h47
Atualizado em: 10/07/18 • 14h50

    A Comissão Parlamentar de Inquérito da Câmara de Rolândia, que investiga supostas propinas na prefeitura, cancelou os dois dias de oitivas que estavam agendados para a quarta (04) e quinta (05). O presidente da CPI, Alex Santana (PSD), adiantou que cerca de oito pessoas deverão ser ouvidas pela comissão nas oitivas, que deverão ser remarcadas ainda esta semana. 

    Santana explicou o motivo do cancelamento das oitivas. “Como tem um prazo regimental e o advogado da defesa é de Curitiba, ele precisa que ser notificado com 48 horas de antecedência e não houve prazo hábil para notificá-lo”, explicou. Se as oitivas tivessem sido feitas sem a presença do advogado, poderiam até ser anuladas. “Ele quer estar em todas as oitivas”, acrescentou o presidente da CPI. A Comissão já ouviu duas das principais pessoas envolvidas na suposta propina nas semanas anteriores.

Fotos desta matéria

Envie seu comentário:
Comentário mediante a aprovação.