A terra sob Trevas

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Colunas
  6. /
  7. A terra sob Trevas

Por Humberto Xavier Rodrigues

A luz resplandece nas trevas, e as trevas não prevaleceram contra ela. João 1:5.

O “mundo” está envolto em densas trevas. Cada um traz no coração o peso desse estado. Porque eis que as trevas cobriram a terra, e a escuridão os povos. Isaías 60:22. Um fato importante que as Escrituras revelam é que esse estado em que os homens se encontram é fruto de uma desobediência do cabeça da raça humana, o primeiro homem Adão.

O que temos a ver com a desobediência de Adão? A verdade é que nós só existimos por causa dele; porque quando Deus criou Adão, nós estávamos nele. Por esta razão, quando Adão caiu, ele nos levou junto nessa queda, porque estávamos nele. Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram. Romanos 5:12.

Assim sendo, a condição de todos é de cegos espiritualmente, sem entendimento, em profundas trevas. Veja o caso do cego de nascença.( João 9:1). O Senhor faz, com a Sua saliva, lodo da terra e aplica-o em seus olhos. O cuspiu na terra, e com a saliva fez lodo, e untou com o lodo os olhos do cego. João 9:6.

Jesus mandou o cego se lavar com água: E disse-lhe: Vai, lava-te no tanque de Siloé (que significa o Enviado). Foi, pois, e lavou-se, e voltou vendo. João 9:7. Água, nas Escrituras, tipifica a palavra de Deus; o cego obedeceu imediatamente sem questionar, não fez nenhuma pergunta, e o resultado foi que ele ganhou visão.

Jesus veio para ser a Luz em nosso interior – descendo até às necessidades e às circunstâncias do homem. Deus-Homem se “curva” diante dos homens caídos para elevá-los ao conhecimento da Sua gloriosa Pessoa. E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade. João 1:14.

Deus feito carne, feito homem, que habitou entre nós na plenitude da graça e da verdade. Eis o grande fato de que o Evangelho nos fala: “Deus conosco” para viver em nós…

Quando, porém, ao que me separou antes de eu nascer e me chamou pela sua graça, aprouve revelar seu Filho em mim…

Amém!

Humberto Xavier Rodrigues é formado em Teologia.

Humberto Xavier

Humberto Xavier

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Religião

Mandamento Novo

Por Monsenhor José Ágius Durante muito tempo, a Igreja fomentava uma espécie de individualismo religioso: Eu e Deus, eu e minhas devoções. Alguns chegavam a