Emmy… Depois

Por Samuel M. Bertoco

Esse ano eu vi muito pouco do que estava indicado, e achei meio injusto ficar simplesmente chutando aleatoriamente –e pior que iria acertar uns bons tantos aí. Eu resolvi esperar pra levantar uma questão – pra mim mesmo, já que sou eu que escrevo rs – A gente assiste uma série por que ela ganhou algum prêmio?


Respondendo: Depende (Rá). Pior que eu me fiz essa pergunta de verdade e a resposta foi realmente depende. Mas … mais pendendo pro sim. Hoje existe uma enxurrada absurda de séries. Como é algo que eu gosto, eu sempre procuro saber dos lançamentos, quem vai fazer o que, quem canal vai estar… mas com cada vez menos tempo e mais oferta, tendemos a ir no seguro – temas que gostamos, atores que gostamos, reviews da galera – só que isso tende a deixar a gente sempre meio na mesma bolha, nada contra, mas euuuu gosto de experimentar. Mas pra isso preciso de um mínimo de segurança, e é aí que entra um prêmio.

Na verdade nem precisa ser o prêmio em si, mas pelo menos a indicação. Um exemplo, eu não gosto muito de séries de dramas desses “novelões”, mas vai ser muito difícil não dar uma chance pra Succession que ano após ano ganha praticamente tudo – isso que vou ter que capinar umas temporadinhas atrasadas ainda. Mare of Easttown até estava na lista, mas láaa distante, mas Kate Winslet ganhar o Emmy dá um gás pra ver.

Tá, e quando eu não vejo? Geralmente quando já tem um longo caminho percorrido e eu deixei passar. The Crown é um trator de prêmios, mas já tem umas cento e quarenta e sete temporadas, aí complica. Outro ponto que desagrada é quando ela não está nos streamings que eu pago – e acredite amigo, não são poucos. Eu até recorro a…formas alternativas, por assim dizer, às vezes, mas aí eu tenho que estar muiiitooo a fim, e aí cai mais naquela do seguro: temas de que eu gosto…atores de que eu gosto ..bla bla..

No geral, muita série deslancha depois do primeiro prêmio, então via de regra vale a pena. Mas o depende sempre está lá…coçando…

Samuel M. Bertoco é formado em Marketing e Publicidade

Samuel Bertoco

Samuel Bertoco

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Religião

Jesus disse ‘sim’

Por Monsenhor José Ágius Nosso catecismo básico diz que Jesus morreu para nos salvar. Difícil é explicar porque ele teve que morrer. Dizer que é