Marketplace

Empreendendo – por João Neto

Quando falamos em compras, uma ida até o shopping nos proporciona uma grande variedade de produtos a nossa disposição. Com várias lojas diferentes concentradas em um local, é possível escolher os melhores itens, seja pelo preço ou pela qualidade. Em um marketplace, não é muito diferente. Porém, quando falamos especificamente do ambiente virtual, existem diversas vantagens tanto para quem compra como para quem vende. E você? Quer vender mais através do marketplace? Confira algumas dicas:

O que é Marketplace?
A palavra marketplace significa, basicamente, mercado. Na prática, funciona como um shopping na internet.

Resumindo, é um site que permite que diversos vendedores de empresas diferentes apresentem as suas ofertas, seus produtos e serviços.

Portanto, trata-se de uma rede cujos vendedores podem fazer suas ofertas dentro do mesmo site. Em outras palavras, é como um shopping online cujos visitantes têm acesso a várias lojas.

Para quem compra, está sempre no mesmo site, idêntica a uma loja virtual, porém com o diferencial de ter acesso a centenas de vendedores em um único site. Mas, ao finalizar a compra, estas se desdobram para cada vendedor (empresa)

Qualquer pessoa pode vender em um marketplace, desde que respeite as regras de ingresso de cada plataforma.

Como funciona um marketplace?

100% virtual, os marketplaces oferecem a estrutura necessária para receber os compradores, desde a disposição dos produtos, o cadastro, fotos e descrições. Métodos de pagamento e logística de entrega também são dois fatores que entram nessa conta e tornam a decisão de optar por um marketplace.

Para começar a vender basicamente, você deverá fazer um cadastro da sua empresa e dos seus produtos. O Marketplace cobra uma taxa de comissão da empresa que oferece seus produtos nela. A comissão, normalmente, é por venda realizada.

Também existe um prazo que varia de 02 a 45 dias, a partir da postagem ou entrega do produto vendido, para liberação dos valores que você recebe em vendas. Este prazo é uma maneira de garantir que você vai atender devidamente aos clientes.

Diferença entre Marketplace e loja virtual
Lojas virtuais e marketplaces, são modelos de negócios diferentes. O marketplace pode ser comparado a um shopping online, já a loja virtual é apenas uma única loja na internet.

Enquanto uma loja virtual só tem só um dono, um marketplace reúne muitas lojas, de diferentes donos, que podem, inclusive, vender produtos iguais a preços diferentes.

Loja virtual: trata-se de um site independente. Neste modelo, é possível personalizar o site de acordo com a identidade da marca.

Marketplace: É uma outra empresa comandando suas vendas, o próprio marketplace cuida da sua divulgação, gerando muito mais visibilidade e credibilidade para marcas menos conhecidas.

E você? Tem uma loja com capacidade de atender mais clientes? Agora que você já tem mais informações de como funciona este modelo de negócio, bora empreender!

João Vidotto Neto

João Vidotto Neto

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

FOTO(S) DESTA MATÉRIA

VEJA TAMBÉM:

Cotidiano

Rolândia pode ficar sem água neste domingo

Manutenção pode comprometer abastecimento no município se consumo não for racional A Sanepar precisou programar para este domingo (22) uma manutenção em equipamentos do sistema

Colunas

Faltam 199 dias para a Copa do Qatar

Por Rafael Morientes Está chegando a hora, será uma Copa do Mundo totalmente diferente, em um país moderno, muito quente, no final do ano. O