O perdão recusado

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Colunas
  6. /
  7. O perdão recusado

Por Humberto Xavier Rodrigues

O perdão foi estendido a todos os homens, sem exceção, a fé é o braço que se estende para receber aquilo que já foi oferecido.

No ano de 1829, George Wilson, um homem da Filadélfia, foi julgado pelos crimes de homicídio e roubo de malas postais dos Estados Unidos.

Constatada a sua culpa, foi condenado à forca. Os seus amigos recorreram ao presidente americano, que tem o poder de perdoar um condenado à morte e obtiveram dele, presidente Jackson, o perdão. Porém, George Wilson recusou-se a aceitá-lo! Criou-se um impasse. O que fazer quando alguém que é condenado à morte recusa o perdão? O governador hesitou! Como poderia mandar enforcar um perdoado.


Assim, o presidente ordenou ao Supremo Tribunal Americano que resolvesse a questão. E o juiz respondeu: Um perdão é um documento cuja validade depende de ser aceito pela entidade à qual diz respeito. Pode-se compreender que, quem tenha sido sentenciado à morte se recuse a receber o perdão; porém, se recusar, já não é perdão. Importa, pois, que George Wilson seja enforcado.


Assim, ele foi executado, apesar de seu perdão estar sobre a escrivaninha do governador. O condenado da história, mesmo tendo sido perdoado, escolheu a morte. Semelhante, Cristo veio e ofereceu o perdão a todos os homens, porém, você pode recusar ou aceitar.


Mas, infelizmente, boa parte dos homens recusam o perdão de Deus e preferem a morte e não a vida. Os céus e a terra tomo, hoje, por testemunhas contra ti, que te propus a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua descendência. Deuteronômio 30:19.


De fato, perdão de Deus já está disponível. E nós, o que vamos escolher? Você é livre para receber ou não o perdão de Deus: Deus nos perdoou, em Cristo Jesus, naquela Cruz. Mas, o mesmo Deus que nos perdoou, também, nos deu o direito de receber ou não.


Por esta razão, importa que nos apeguemos, com mais firmeza, às verdades ouvidas, para que delas jamais nos desviemos. Se, pois, se tornou firme a palavra falada por meio de anjos, e toda transgressão ou desobediência recebeu justo castigo, como escaparemos nós, se negligenciarmos tão grande salvação? A qual, tendo sido anunciada inicialmente pelo Senhor, foi-nos depois confirmada pelos que a ouviram. Hebreus 2:1-3. Amém!!!!

Humberto Xavier Rodrigues é formado em Teologia.

Humberto Xavier

Humberto Xavier

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

vagas de emprego

JORNAL DE ROLÂNDIA – VAGAS SINE

CONFIRA AS VAGAS DISPONÍVEIS PARA ESTA SEXTA-FEIRA, 20/05 Assistente Administrativo/ PPCP Assistente Téc. Seg. Trabalho Auxiliar de contabilidade*** Auxiliar de Mecânico Diesel Auxiliar de Produção Auxiliar

Cotidiano

Dias de frio e de calor (humano)

Editorial – Edição: 872 – sexta-feira, 20/05/22 Olá, querido leitor e cara leitora do JR Nesta semana, o inverno chegou em nossa região, apesar de