O Rei do Futebol 7 em Londrina

Por Rafael Morientes

Juvenal é hoje o melhor jogador de Fut7 do estado. Quem disser o contrário estará mentindo. O camisa 8 tem ótimo preparo físico, elegância com a bola, excelência no domínio, finalização fatal e marcação impecável.


Lembro-me de 2010, 11, quando Juvenal tentava iniciar sua trajetória no futebol profissional com a camisa da saudosa Júnior Team. O time que ainda tinha o experiente Cassiano e o meia Matheus Lincoln (hoje atua no futsal profissional italiano), era muito bom, mas não vingou. Juvenal ainda insistiu com o seu sonho e o do pai, Luciano Elias, que segundo as más línguas joga mais que o filho, coleciona dois acessos seguidos em 2016 e 17 pela divisão de acesso e boa performance pela Júnior Team e pelo Beltrão.


O Fut7 entrou na vida de Juva em 2016, quando recebeu um convite para atuar pelo Santa Fé, como conta o astro da modalidade: “Eu não me vejo ficando sem jogar esse esporte, procuro sempre melhorar, desde o futebol sempre tive muita vontade de ganhar, minha esposa sempre me ajuda em tudo também, tudo que ganhei e ganho e devo muito a ela”, pontua Juvenal.


Ele treina por conta própria com o excelente profissional Ricardo Vilela. É nítido que hoje o nível do Fut7 está muito alto e Juvenal sabe que se não se dedicar de verdade, dentro de campo os caras passam por cima.


No domingo passado, Juva levantou mais uma taça, a do primeiro turno do Metropolitano de Fut7 Série Ouro. Juvenal também é campeão mundial pelo time do Londrina e é convocado com frequência para a seleção paranaense.


A modéstia não permite que o camisa 8 se intitule o melhor, mas quem entende um pouquinho de bola e acompanhar 5 minutos dele em campo, dará uma risada e vai ter que concordar com este repórter que vos escreve, rs.


BAIXE O APP MAXIM E USE O CUPOM R$40: MORIENTES

Edição: 872 – sexta-feira, 20/05/22

Rafael é Jornalista formado na Universidade Norte do Paraná, UNOPAR, em 2014. Repórter esportivo das rádios CBN / Ayoba/ Mundo Livre FM desse 2015. Instagram: @rafamorientes

Rafael Morientes

Rafael Morientes

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Religião

Mandamento Novo

Por Monsenhor José Ágius Durante muito tempo, a Igreja fomentava uma espécie de individualismo religioso: Eu e Deus, eu e minhas devoções. Alguns chegavam a