Poderiam ser boas, mas não passaram da 1ª temporada

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Colunas
  6. /
  7. Poderiam ser boas, mas...

Por Samuel M. Bertoco

Séries são lançadas e canceladas todos os anos, faz parte do jogo, mas algumas prometeram muito…mas acabaram canceladas na primeira temporada.

  • O Legado de Júpiter: Surfando na onda de produções de heróis que não são o que parece –The Boys /Invencível – Legado parecia uma boa pedida. Atores da hora, uma história interessante sob a chancela da Netflix. Foi lançada e só se falou em outra coisa, cancelada sem ninguém ligar.
  • Flashforward: Lá pros anos 2008,9, a gente estava ficando órfão de Lost e pipocaram aos montes candidatas a tomar esse lugarzinho em nossos corações. Nenhuma parecia tão promissora quanto Flashforward, onde no mesmo horário, no mundo todo, durante 15 minutos, toda população do planeta apaga e desmaia, e em seus desmaios veem seus futuros 6 anos depois. Que ideia genial, que foi opostamente proporcional a sua execução. Atores atuando mal, roteiros sem sentidos e ganchos que ia do nada pra lugar nenhum mataram uma das maiores ideias dos últimos anos.
  • Luck: O motivo do cancelamento dessa série de peso, que conta com o selo HBO de qualidade e nomes como Dustin Hoffman e Nick Nolte, não foi necessariamente sua falta de audiência. Mas a produção que fala sobre a máfia por trás das corridas de cavalo já no seu primeiro ano tinha deixado três animais morrerem em seu set de gravação. Aí não né.
  • Cursed – A Lenda do Lago: Tentando pegar o vácuo deixado por Game of Thrones e ir na rabeira do embalo de Witcher, a série se propunha em dar uma nova roupagem as lendas arturianas. Não fez nem um nem outro e foi mais uma que morreu sem ninguém nem saber.
  • (Menção) Jericho: Essa é um caso peculiar. Série lá de 2000 e blau que conta a história de uma cidadezinha – zinha mesmo – tentando se virar após os EUA serem atacados por bombas nucleares. A série era pra ser um estrondo, não foi, mas fez seus fãs. Foi cancelada na primeira temporada. Mas um abaixo assinado gigantesco fez com que a FOX fizesse ao menos mais 7 eps, pra acabar o bagulho direito. Aí sim.

Samuel M. Bertoco é formado em Marketing e Publicidade

Samuel Bertoco

Samuel Bertoco

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Religião

Mandamento Novo

Por Monsenhor José Ágius Durante muito tempo, a Igreja fomentava uma espécie de individualismo religioso: Eu e Deus, eu e minhas devoções. Alguns chegavam a