Quem nasce, cresce

Por Humberto Xavier Rodrigues

E todos nós, com o rosto desvendado, contemplando, como por espelho, a glória do Senhor, somos transformados, de glória em glória, na sua própria imagem, como pelo Senhor, o Espírito. 2 Coríntios 3:18. A renovação de nossas vidas é um processo, começa assim que nascemos de novo, …não por obras de justiça praticadas por nós, mas segundo sua misericórdia, ele nos salvou mediante o lavar regenerador e renovador do Espírito Santo. Tito 3:5


A nossa velha história escrita pelo velho homem foi substituída pela vida de Cristo. Agora, a nossa história está sendo escrita pela nova vida, a vida de Cristo. E, a parte que nos cabe é nos apresentar confiantemente ou, nos oferecer a Ele, colocando-nos em Suas mãos. Apresentar significa render-se completamente ao Senhor, sem nenhuma reserva se oferecendo a Ele voluntariamente.


Somente depois de apresentarmos nossos corpos como sacrifício vivo é que entraremos no processo de transformação – nunca antes de nascermos de novo. Muitos desejam ser transformados, mas não querem que Deus toque em sua vontade. Por outro lado, muitos pensam que a vontade de Deus os fará pessoas infelizes.


Quando falamos em consagração, logo vem em nossas mentes: “precisamos fazer algo para Deus”. Porem, a verdadeira consagração não é trabalhar para Deus, mas sim, ser trabalhado por Ele: Ora, o Deus de toda a graça, que em Cristo vos chamou à sua eterna glória, depois de terdes sofrido por um pouco, ele mesmo vos há de aperfeiçoar, firmar, fortificar e fundamentar. 1 Pedro 5:10.


Por isso, o nosso Senhor Jesus permite que passemos por muitas dificuldades e, nisto a sua permissão tem como finalidade abrir os nossos olhos para vermos o quanto somos frágeis, como também, nos levar a uma vida abundante. Pois tu, ó Deus, nos provaste; acrisolaste-nos como se acrisola a prata. Tu nos deixaste cair na armadilha; oprimiste as nossas costas; fizeste que os homens cavalgassem sobre a nossa cabeça; passamos pelo fogo e pela água; porém, afinal, nos trouxeste para um lugar espaçoso. Salmos 66:10-12.


O trabalho de lapidação de um diamante é custoso e demorado. Assim também, o processo de formação do caráter de Cristo em nós, é muitas vezes doloroso: Meus filhos, por quem, de novo, sofro as dores de parto, até ser Cristo formado em vós. Galatas 4:19. Que tenhamos como alvo ser parecidos com Jesus. Amém!

Humberto Xavier Rodrigues é formado em Teologia.

Humberto Xavier

Humberto Xavier

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Religião

Mandamento Novo

Por Monsenhor José Ágius Durante muito tempo, a Igreja fomentava uma espécie de individualismo religioso: Eu e Deus, eu e minhas devoções. Alguns chegavam a