Só há um caminho

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Colunas
  6. /
  7. Só há um caminho

Por Humberto Xavier Rodrigues

A cruz foi uma demonstração da profunda bondade de Deus aos homens. E também, a cruz revelou o quanto nos distanciamos de Deus. Vivíamos neste mundo sem Deus e sem esperança. Em razão disto, o propósito da cruz foi nos levar de volta à Deus. Foi o sangue vertido naquela cruz que nos garantiu e nos garante a franca entrada na presença de Deus: Tendo pois, irmãos, ousadia para entrarmos no santíssimo lugar, pelo sangue de Jesus, pelo caminho que ele nos inaugurou, caminho novo e vivo, através do véu, isto é, da sua carne. Hebreus 10:19-20.


O caminho para se estar na presença de Deus foi aberto. Não há outra maneira de se aproximar de Deus, a não ser pela morte e ressurreição do nosso Senhor Jesus Cristo. O objetivo de Deus não é a reforma da nossa vida, mas sim, uma substituição de vidas, sai o nosso ego (eu) e entra a vida de Cristo: Estou crucificado com Cristo; logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim. Gálatas 2:19-20.


Assim, quando olhamos para aquela cruz não só vemos o Senhor Jesus crucificado, mas também, nos vemos crucificados com Ele. Houve então, uma co-crucificação: Porque, se fomos unidos com ele na semelhança da sua morte, certamente, o seremos também na semelhança da sua ressurreição. Romanos 6:5.


O que significou co-crucificação? Significou que Deus nos colocou no corpo de Seu Filho naquela cruz. Ele foi crucificado, nós fomos crucificados com Ele. Ele ressuscitou e nós ressuscitamos juntamente com Ele. Foi isso que Deus fez: o nosso ego – ou, melhor, a fábrica de pecado – foi em Cristo destruída.


E agora, como posso me apropriar dessa verdade? Só há uma resposta: PELA FÉ. Isto se torna verdadeiro para nós pela fé. Assim também vós considerai-vos mortos para o pecado, mas vivos para Deus, em Cristo Jesus.” Romanos 6:11. “Considerai-vos”. Considerar significa apoiar-se, descansar, crer. Mediante a revelação da Palavra de Deus, de que o nosso ego (eu) foi com Cristo crucificado , este fato se torna verdadeiro para todos os homens, quando recebido pela fé. Que o Espírito Santo em Cristo fale em nossos corações. Amém!!!

Humberto Xavier Rodrigues é formado em Teologia.

Humberto Xavier

Humberto Xavier

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Religião

Mandamento Novo

Por Monsenhor José Ágius Durante muito tempo, a Igreja fomentava uma espécie de individualismo religioso: Eu e Deus, eu e minhas devoções. Alguns chegavam a