A programação de aniversário de 74 anos de Jaguapitã

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Cotidiano
  6. /
  7. A programação de aniversário...

Shows gratuitos, passeios, jogos de futebol, missa e culto são algumas das ações previstas para ocorrer nesta semana, a partir do dia 3

Vista aérea do município de Jaguapitã

A cidade de Jaguapitã comemora 74 anos de emancipação política no dia 07 de novembro e, para celebrar a data, a Prefeitura Municipal irá presentear seus mais de 14 mil habitantes com várias atrações. A comemoração do aniversário terá desde shows gratuitos à disputas de futebol, passeios e uma missa especial.

De acordo com o prefeito Gerson Marcato (PL), e seu vice-prefeito, Jean Carlos (PL), esses eventos, apesar de pequenos, foram uma forma que a administração atual do município encontrou de celebrar a data sem aglomerações, por conta da pandemia da Covid-19 que ainda está presente.

Programação
As comemorações vão começar na quarta-feira (03), às 19:00, com o ‘Dia da Cultura Evangélica’. Esse evento tem como destaque um Culto na Praça Central, ministrado por Ev. Ronaldo Faustino. A ação é uma realização do Conselho de Pastores de Jaguapitã.

Já na quinta-feira (04), as ações se iniciam com um show na Praça Central dos artistas Clara e Fábio, Mateus e Guilherme Viola, a partir das 19h30. Além disso, haverá uma feirinha livre. Na sexta-feira (05), o Legislativo de Jaguapitã realiza uma sessão solene em prol do município na Câmara de Vereadores.

No sábado (06), a Banda Marcial ‘Bamuflor’, de Florestópolis, fará uma apresentação na Praça Central, às 20 horas. No dia 07 de novembro (domingo), será o dia do Passeio de Trilheiros Jagualama, que será feito no Espaço Thaeme, com largada às 8h30.

Ainda no dia 07, estão previstas três partidas de futebol no campo da cidade: às 10 horas, jogam Jaguapitã e Florestópolis; às 14h30, se enfrentam os times do Jaú e Força Jovem. Por fim, às 16 horas, acontece a partida mais esperada: a equipe do Jaguapitã enfrenta o Londrina Máster, que traz muitos ex-jogadores famosos.

Para finalizar as celebrações especiais em comemoração à data, no mesmo dia, às 19 horas, será celebrada uma Missa em Ação de Graças aos 74 anos da cidade na Igreja Matriz.

História da cidade
A cidade Jaguapitã desmembrou-se de Sertanópolis oficialmente no dia 7 de novembro de 1947. A história do município está relacionada com a época histórica de colonização do norte do Paraná, realizada pela Companhia de Terras do Norte do Paraná, acontecendo assim a afluência de pessoas de outros estados e imigrantes de outros países para a região. Essas terras, inclusive, eram muito férteis e conhecida scomo “terra roxa”, propícias ao cultivo de toda espécie de cereais, onde se deu inicialmente o cultivo do café.

A sede do município, se deu em meados de 1.937, ano em que chegou uma caravana composta de várias famílias, em que se destacavam as dos Srs. Antônio Pinto e Izaltino Rodrigues, consideradas como as fundadoras da localidade. Inicialmente foi constituído o Patrimônio denominado São José dos Bandeirantes, e no mesmo ano, foi inaugurada a primeira casa comercial de propriedade do Sr. Izaltino Rodrigues, um empório comercial de nome Casa Branca.

A palavra Jaguapitã tem origem indígena e significa onça vermelha ou pintada, e dizem que muitas delas já foram vistas por lá. A cidade é muito conhecida, pela industrialização de mesas de sinuca (bilhar). São mais de 20 empresas do setor, que vendem ou alugam seus produtos para todo o Brasil. Por isso, Jaguapiã tem o título de ‘Capital do Bilhar’.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

FOTO(S) DESTA MATÉRIA

VEJA TAMBÉM:

Religião

Jesus disse ‘sim’

Por Monsenhor José Ágius Nosso catecismo básico diz que Jesus morreu para nos salvar. Difícil é explicar porque ele teve que morrer. Dizer que é