Agenda do CREA publica livro de rolandense PhD

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Cotidiano
  6. /
  7. Agenda do CREA publica...

O Engenheiro de Pesca Marco Antonio Igarashi teve o livro publicado na agenda parlamentar do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná

Marco Antônio Igarashi é PhD em Engenharia de Pesca

O rolandense Marco Antonio Igarashi, PhD em Engenharia de Pesca teve um de seus livros publicados pela agenda parlamentar do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (CREA-PR). O livro é uma série de cadernos técnicos que abordam informações sobre a implantação de piscicultura e recursos financeiros disponíveis.

“É um livro didático para os interessados em cultivar principalmente a tilápia. Foram abordados os seguintes pontos: local de implantação, reprodução, larvas, alevinos, juvenis, adultos, alimentação, equipamentos, aspectos econômicos. Dediquei menos de uma semana neste projeto e escrevo projetos principalmente de cunho social”, explicou Igarashi. Em 2020, o engenheiro realizou um sonho antigo e lançou um site que fornece instruções e informações sobre aquicultura, pesca e afins.

A Agenda Parlamentar do CREA-PR é um programa de contribuição dos profissionais em apoio aos gestores públicos, diagnosticando situações e propondo soluções na implantação de políticas públicas nas áreas das Engenharias, Agronomia e Geociências. O programa tem o objetivo de contribuir com a melhoria da gestão pública, implementando debates em âmbito municipal, regional, estadual, e até nacional, sobre as propostas das áreas tecnológicas para a inclusão em planos de governo.

Igarashi não sabe exatamente por qual critério teve o material publicado, mas, diante de tantos anos de empenho e trabalho, e algumas participações em projetos importantes, devem ter influenciado nessa escolha do Conselho. “Trabalhei como professor associado na Universidade Federal do Ceará, no Departamento de Engenharia de Pesca, Secretaria Especial de Aquicultura e Pesca da Presidência da República, Ministério da Pesca e Aquicultura, Secretaria de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário da Casa Civil da Presidência da República e Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento. Tive a honra de ser convidado por estes dois órgãos da presidência, integrando uma equipe bastante competente. Creio que esses convites também influenciaram na minha escolha”, ressaltou.

O engenheiro também tem em seu currículo fatos importantes, que sempre são relembrados por ele com muito orgulho. “Em 1999 fui escolhido pela fundação Odebrecht entre os dez maiores especialistas do Brasil em pesca para implantar projetos sociais em comunidades pesqueiras do nordeste do Brasil, e trabalhei também em parceria com instituto Ayrton Senna para desenvolver projetos de piscicultura em açudes cearenses. Fui bolsista do Ministério da Educação do Japão para o curso de Mestrado em Engenharia de Pesca na Universidade Nihon em Tokyo. Na sequência fiz Doutorado na Universidade de Kitasato, onde me tornei celebridade por ser o primeiro estrangeiro a conseguir alcançar notas máximas em todas as disciplinas no curso de mestrado e doutorado”, relembra.

Além de ser PhD em Engenharia de Pesca, Igarashi fala japonês e inglês e publicou mais de 30 livros e teve 200 trabalhos em periódicos indexados nacionais e internacionais. “Trabalhei como chefe do Ministério da Pesca e Aquicultura em Londrina. Nosso escritório tinha abrangência dos municípios do noroeste, norte e norte velho do Paraná. Na época foram implantados 20 mil tanques-rede na bacia hidrográfica do Paranapanema, cinco frigoríficos (concluídos e não concluídos), oito parques aquícolas, projeto caminhão feira do peixe, projeto para implantação de cooperativas, implantação de telecentros e construção de colônia de pescadores”, relembra.

Nesse momento o engenheiro quer utilizar todo o seu conhecimento para prestar serviços à população e aproveita para fazer um pedido diretamente ao Executivo de Rolândia. “Desejo ter uma oportunidade para falar com o prefeito de Rolândia. Como trabalhei durante todo este tempo com projetos sociais, área de fiscalização, consultoria, elaboração de projetos, estou atualmente à disposição e quero prestar serviços à comunidade de Rolândia”, revela.

O conteúdo do livro pode ser baixado gratuitamente na internet. “Basta colocar no Google as palavras chave, Marco Antônio Igarashi CREA, e vão aparecer dois livros: é o segundo”, orienta. Vale dizer que o engenheiro também tem um site com muitos conteúdos sobre o tema: www.aquiculturapesca.site.com.br .

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

FOTO(S) DESTA MATÉRIA

VEJA TAMBÉM:

Cotidiano

Dias de frio e de calor (humano)

Editorial – Edição: 872 – sexta-feira, 20/05/22 Olá, querido leitor e cara leitora do JR Nesta semana, o inverno chegou em nossa região, apesar de