Cambé define horários do cemitério nos Finados

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Cotidiano
  6. /
  7. Cambé define horários do...

Prefeitura Municipal definiu horários de funcionamento do cemitério no feriado de 02 de novembro e prazos e datas para serviços no local

Detalhe do cemitério Pe. Symphoriano Kopf, de Cambé

A Prefeitura de Cambé definiu as datas e horários de funcionamento do Cemitério Municipal Pe. Symphoriano Kopf no Dia de Finados (02 de novembro), que cai neste no em uma terça-feira. No dia, o cemitério, localizado na Rua Nossa Senhora do Rocio, 1001, funciona normalmente das 8h às 18h para receber os visitantes, mas será proibido realizar qualquer tipo de limpeza nos túmulos.


Éder Aparecido Fogaça, diretor do Departamento de Serviços Funerários de Cambé, avisa que o prazo para reforma ou construção vai até o dia 27 de outubro. Já entre os dias 26 e 29 deste mês, a Prefeitura vai fazer a pintura do meio fio das ruas e a lavagem do interior do cemitério. Entre os dias 26 de outubro e 01 de novembro, o local será reservado para as lavagens dos túmulos. “Nos dois últimos dias (31 de outubro e 1º de novembro), a limpeza deve ser feita exclusivamente com balde e panos, sem o uso de mangueiras”, avisa Fogaça. O diretor alerta, ainda, que o ideal é que as pessoas façam a limpeza até o dia 29 de outubro, evitando deixar para a última hora.


Fogaça lembra que o cemitério seguirá todas as medidas de proteção contra a Covid-19 e que será obrigatório o uso de máscaras. “Além disso, nós vamos ter álcool em gel à disposição da população”. O diretor pede para a população priorizar o período da tarde, pois a maioria das pessoas vai de manhã. “Nós também pedimos para que as pessoas não fiquem em grupinhos conversando dentro do cemitério, pois esse ainda não é o momento de aglomeração”, destaca. “Também, como medida para evitar aglomerações, não serão celebradas missas dentro do cemitério, somente orações em diferentes horários”, concluiu Fogaça.

Cadastro de ambulantes
O cadastro para quem quiser comercializar algum produto – como flores, velas, dentre outros – no entorno do Cemitério Municipal Pe. Symphoriano Kopf no Dia de Finados foi aberto na quarta-feira (20) e segue até o dia 29. Sílvio Bonilha, auditor Fiscal da Secretaria de Fazenda, explica que os interessados devem procurar a pasta com os documentos pessoais para fazer esse cadastro. “Depois do cadastro, a pessoa deve pagar a taxa de R$ 50,47 e escolher um dos locais disponíveis nas vias destinadas para isso”, explica. De acordo com o auditor, dois trechos vão ser interditados para esse comércio: Rua Nossa Senhora do Rocio (entre a Rua Pará e a Avenida Brasil) e a Rua Holanda (entre a Estados Unidos e a Nossa Senhora do Rocio).


Para quem não conseguir fazer o cadastro até o dia 29, a prefeitura terá dois fiscais no Dia de Finados no cemitério apenas para isso. “Sempre alguém aparece no dia querendo montar uma barraca, por isso que fazemos isso. Nossa intenção é realmente manter a ordem no local”, ressaltou Silvio Bonilha. Neste ano, por conta da pandemia, será proibido colocar mesas e cadeiras nas barracas, além de ser obrigatório o uso de máscara e de álcool em gel.
A Secretaria de Fazenda de Cambé está localizada na rua Pará, 264. O órgão realizada atendimento das 8h30 às 11h30 e das 13h às 16h. O telefone para contato é o 3174-2900.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM:

Cotidiano

Cobra celebra o CastraPet em Rolândia

Castrapet atendeu 101 animais com recursos destinados pelo deputado; programa esteve pela 1ª vez no município O deputado estadual Cobra Repórter (PSD) comemorou a vinda

Cotidiano

Chuva derrubou árvores em Rolândia

Quase 10 árvores foram derrubadas pela chuva forte que caiu no sábado no município As fortes chuvas que caíram sobre Rolândia no sábado (15) derrubaram

Cotidiano

A importância das Real News

Editorial – Edição: 855 – sexta-feira, 14/01/21 Olá, querido leitor e cara leitora do JR Vivemos, infelizmente, numa época de mentiras, novas verdades, pós-verdades, resumindo,