Eleição: procura por títulos novos aumenta em Rolândia

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Cotidiano
  6. /
  7. Eleição: procura por títulos...

Procura aumentou após o TSE intensificar uma campanha para incentivá-los a votar nas eleições gerais de outubro e prazo para emissão do documento termina em 04 de maio

O prazo para emitir ou regularizar o título eleitoral termina em 4 de maio em todo o país. Com isso, adolescentes que completem 16 anos até o dia da eleição (2 de outubro) já podem fazer o documento e votar. Percebendo o baixo interesse de jovens de 16 e 17 anos em tirar o título de eleitor, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) intensificou em março uma campanha para incentivá-los a votar nas eleições gerais de outubro. Nessa faixa etária, o voto no Brasil é facultativo.

Segundo dados da Justiça eleitoral, apenas 731 mil jovens de 16 e 17 anos estavam inscritos para votar até fevereiro de 2022, o que representava menos de 10% da população brasileira nessa faixa etária. O número era o mais baixo desde 1992.

Entre 14 e 18 de março, o TSE realizou a Semana do Jovem Eleitor e promoveu um tuitaço com a hashtag #RolêDasEleições. Graças à iniciativa, cerca de 100 mil jovens solicitaram o título no período. Mas a campanha continua, já que o prazo para tirar o documento ou mudar de domicílio eleitoral vai até 4 de maio.

Segundo informado pelo chefe do Cartório Eleitoral de Rolândia, Mario Bannwart, a procura que antes estava baixa, vem aumentando após a campanha. “O movimento tem aumentado sim, em razão das campanhas realizadas”, confirma. Além do prazo final para emitir o primeiro título, o dia 04 de maio, também é a data final para outras demandas. “O prazo final que temos também serve para todas as alterações no cadastro eleitoral, como: alistamento, revisão e transferência”, comenta Bannwart.

Em janeiro de 2018, ano da última eleição geral no País, o Paraná tinha 82.028 eleitores paranaenses com menos de 18 anos registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em janeiro de 2022, esse número caiu para 35.548, uma queda vertiginosa de 56,66%. Os dados sugerem um aumento da rejeição entre os jovens à política tradicional e ao processo eleitoral.

O chefe do cartório de Rolândia, expõe sobre a importância desse voto dos jovens para as próximas eleições. “O direito de opinar sobre os rumos do município, do estado e do Brasil, cobrando dos representantes eleitos, é o principal argumento para que você, jovem de 15 a 18 anos, tire o título de eleitor e vote nas Eleições Gerais de 2022. Além disso, já é uma forma de iniciar a criação de novas lideranças políticas tão importantes para a renovação necessária”, afirma.

O mesmo também complementa a respeito dessa importância, afirmando que ao votar, o eleitor tem um papel importante que ocorre após as eleições. “Ressaltando ainda que quem vota deve cobrar depois os seus candidatos. Outra justificativa importante é no sentido de não deixar que outros eleitores decidam em seu lugar, pois você estará votando e, por conseguinte, decidindo nas escolhas”, ressalta.

Quem precisar emitir o primeiro título, ou fazer demais alterações, o Cartório Eleitoral de Rolândia fica na Rua Ernesto Campaner, 335, no Jardim Santa Monica.

Neste momento o atendimento está sendo feito por ordem de chegada, e não é necessário agendar o atendimento antes. O cartório atende de segunda a sexta, das 12h às 18h. Para mais informações, basta entrar em contato por meio do (43) 3255-1416.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

vagas de emprego

JORNAL DE ROLÂNDIA – VAGAS SINE

CONFIRA AS VAGAS DISPONÍVEIS PARA ESTA SEXTA-FEIRA, 20/05 Assistente Administrativo/ PPCP Assistente Téc. Seg. Trabalho Auxiliar de contabilidade*** Auxiliar de Mecânico Diesel Auxiliar de Produção Auxiliar