Grupo Coração Azul faz Encontro sobre o Autismo

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Cotidiano
  6. /
  7. Grupo Coração Azul faz...

Grupo de Cambé reuniu quase 50 pessoas na Câmara Municipal e avança na luta por direitos de pessoas cambeenses com o transtorno

Um bom público compareceu à Câmara de Cambé na terça-feira

O grupo cambeense Coração Azul, que reúne mães de crianças com TEA (Transtorno de Espectro Autista), realizou um encontro no plenário da Câmara Municipal na noite da terça-feira (14). O evento reuniu mais de 40 pessoas entre mães, pais e familiares de autistas, além de secretários municipais, representantes de instituições e vereadores. Os participantes puderam conhecer melhor o movimento, suas lutas e pedidos.


“Precisamos ser parte das mudanças que queremos para a vida dos nossos filhos. E acreditamos que só dialogando com a rede de proteção do poder público e instituições que prestam os serviços de apoio é que vamos conseguir um sistema mais eficiente e que garanta as condições para que nossas crianças possam alcançar o máximo do desenvolvimento possível”, explicou Renata Pereira de Campos, uma das criadoras do Coração Azul.


O grupo entregou uma lista de reivindicações para a secretária de Educação e Cultura, Estela Camata, que representou o prefeito Conrado Scheller no evento. Camata reafirmou o compromisso da gestão com a busca contínua de melhorias no atendimento das crianças e adolescentes do município, em todas as áreas. “Tenho visto um aumento considerável de casos ‘laudados’ de autismo e de outros transtornos que exigem um atendimento especial”, revelou a secretária, que se colocou à disposição do Grupo para discutir melhorias e avanços.


Daníbia de Melo Mariano, mãe de um menino autista, afirmou ser importante a prefeitura promover cursos de capacitação frequentes sobre o autismo para os servidores. “É uma deficiência ainda pouco conhecida e a maioria dos profissionais não sabe como lidar com um autista e isso aumenta o sofrimento da pessoa com TEA e de seus familiares”, resumiu Daníbia.


A mesma lista de reivindicações foi entregue ao vice-presidente da Câmara, vereador Carlinhos da Ambulância, representante do presidente da Câmara, Dr. Fernando Lima. Carlinhos colocou o Legislativo à disposição da causa para projetos de lei que melhorem a vida das pessoas autistas. “Hoje aprendemos muito ouvindo um pouco dos desafios que vocês enfrentam. E tenho certeza de que esta Casa sempre vai estar aberta para ajudar’, resumiu o parlamentar.

Palestras
O Grupo AMAAR, de Arapongas, representa mais de 200 mães de portadores de TEA e existe há 13 anos. Ele foi o tema da primeira palestra do Encontro. Eloisa Holhandini, mãe de uma rapaz de 20 anos recém aprovado em Biologia pela UEL, é a criadora do grupo. Eloisa abordou as dificuldades vividas e também as conquistas: Arapongas se destaca como uma das cidades que oferecem melhor estrutura de atendimento às demandas dos autistas e suas famílias. “Em quase 20 anos de luta é a primeira vez que vejo o Poder Público, prefeitura e vereadores, abraçando em conjunto os desafios do movimento em favor dos autistas. Na minha época foi muito difícil abrir as portas e eventualmente conseguia ser ouvida por um ou outro vereador. Aqui, hoje, a casa está cheia e é emocionante”, elogiou Eloisa. A segunda palestra foi da psicóloga Camila Tolovi, que ela falou sobre a importância do diagnóstico precoce e da rede de apoio às mães e cuidadores. Camila é formada pelo Centro Universitário Integrado e pós graduanda em Análise do Comportamento Aplicada ao Autismo.


O Encontro teve a participação das secretárias Adriane Bertan Lombardi (Saúde), Lucilene Diorio (Assistência Social) e Estela Camata (Educação e Cultura) e dos vereadores Carlinhos da Ambulância, Galego, Igor Mateus, Jota Mattos, Jefferson Guedes, Lucas Mil Grau e Odair Paviani. Dos 10 parlamentares de Cambé, estiveram presentes e três justificaram a ausência.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Cotidiano

Sobre ótimas ideias

Editorial – edição: 878 – sexta-feira, 01/07/22 Olá, querido leitor e cara leitora do JR Nesta semana, além da matéria da entrega e liberação da