Rifa para ajudar a Isabela Felix

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Cotidiano
  6. /
  7. Rifa para ajudar a...

Ação da Liga Paranaense de Ranch Sorting e Amigos da Cavalgada sorteará potra, pônei e um chapéu

A Liga Paranaense de Ranch Sorting e Amigos da Cavalgada iniciam, nesta semana, a venda de uma rifa em prol de Isabela Cristina Blum Felix (25), rolandense que perdeu parte da perna em um acidente no dia 28 de novembro do ano passado. Os recursos arrecadados com a ação serão repassados à jovem para auxiliá-la na aquisição de uma prótese, cujo valor é de aproximadamente R$ 60 mil.

Os prêmios

De acordo com a organização da ação, cada número da rifa custa R$ 15 e foram feitos 2000 números. Os prêmios serão uma potra Quarto de Milha (registrada), um pônei e um chapéu autografado por Marcos Brasil, um dos locutores de rodeio mais conhecidos do país. “A potra foi doada por Marcos Urgnani e o pônei por Léo Dantas”, revelou Anderson Machado, que faz parte da organização da ação.

“O sorteio está marcado para acontecer às 19 horas do dia 30 de junho, uma quinta-feira, no Rancho RS. Essa ação tem apoio dos supermercados Locatelli, Rancho RS e do Haras e Fazenda Locatelli”, afirma Leandro Rodrigues, da organização. “Já temos alguns pontos de venda da rifa, que deve ficar pronta nesta quinta-feira: o Atacadão Duas Rodas (Pres. Vargas 3059) e o ASR Veículos (Ailton Rodrigues Alves 1075)”, reforçou Rodrigo Leorcárdio, também organizador.

Vakinha online

A família de Isabela Cristina Blum Felix também está promovendo uma Vakinha Online para arrecadar recursos para a compra da prótese. A ação começou em dezembro e, até a quarta-feira (12), havia 201 pessoas apoiadoras, num total de R$ 14,7 mil. Para colaborar, o link é o http://vaka.me/2588105.

No site, a jovem escreve um texto em que explica o objetivo da ação: “Oi, eu sou a Isa… Tenho 25 anos e criei essa vaquinha para me ajudar com gastos médicos e conseguir minha nova perninha. Desde novinha sempre trabalhei e fui em busca dos meus sonhos sozinha sem depender de ninguém. Meus cursos, minha faculdade, minha moto, minhas contas, nunca dependi de ninguém. Infelizmente, no fim de novembro, por imprudência de uma pessoa alcoolizada, perdi minha perna em um acidente de moto e tive fraturas expostas no braço. Com isso, eu e minha mãe não estamos trabalhando, o que dificultou um pouco as coisas. Conto com sua ajuda para um dia voltar a andar e ter uma vida normal novamente. Agradeço de coração e que Deus abençoe cada um de vocês”.

Isabela tem retorno ao seu médico em fevereiro e informou ao JR que está procurando a prótese em clínicas de outras cidades como Londrina, Ponta Grossa e Curitiba. “Pra ver onde vou ter um orçamento melhor e a prótese de qualidade”, concluiu a rolandense.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

FOTO(S) DESTA MATÉRIA

VEJA TAMBÉM:

Cotidiano

Sobre as matérias desta edição

Editorial – edição: 873 – sexta-feira, 27/05/22 Olá, querido leitor e cara leitora do JR Neste editorial, abordaremos um pouco das matérias que estão nesta

Religião

Jesus disse ‘sim’

Por Monsenhor José Ágius Nosso catecismo básico diz que Jesus morreu para nos salvar. Difícil é explicar porque ele teve que morrer. Dizer que é