Rolândia: prefeito decreta luto em homenagem a Paloma Pissinati

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Cotidiano
  6. /
  7. Rolândia: prefeito decreta luto...

Ailton Maistro decretou luto na quinta-feira, data de falecimento da secretária municipal de Saúde, de apenas 31 anos de idade

A prefeitura de Rolândia comunicou, oficialmente, o falecimento da secretária municipal de Saúde, Paloma de Souza Cavalcante Pissinati, aos 31 anos. A nota oficial foi divulgada em torno das 12h30 da quinta-feira (25), cerca de quatro horas depois do registro da morte encefálica de Paloma pelo Hospital Universitário de Londrina (HU), onde a secretária estava internada desde a manhã da segunda-feira (22).

Ainda na nota, o prefeito Ailton Maistro decretou luto oficial de três dias no município de Rolândia em homenagem à Paloma, que fazia um trabalho elogiadíssimo à frente da Secretaria de Saúde, desde que assumiu em janeiro deste ano. A prefeitura não tem expediente nesta quinta-feira.

Também na quinta, o HU soltou uma nota à imprensa sobre Paloma Pissinati. Na nota, é informado que a secretária teve parada cardiorrespiratória às 8h35 da segunda-feira (22) em sua casa, que foi atendida pelas equipes do HU, que deram o diagnóstico de Tromboembolismo Pulmonar Agudo Bilateral. Foi realizado um procedimento, mas Paloma permaneceu em estado grave com piora progressiva do edema cerebral e coma arresponsivo. A morte encefálica foi constatada às 8h27 da quinta-feira (25). Em um último ato de ajuda ao próximo, tão característico de Paloma, a família decidiu pela doação de órgãos.

Paloma de Souza Cavalcante Pissinati, 31 anos, nasceu em Guarulhos/SP em 25 de julho de 1990. Atualmente morava em Londrina, era casada e não tinha filhos. Servidora de carreira desde 2016 em Rolândia e Secretária Municipal desde janeiro deste ano, era Enfermeira formada pela UEL, tinha Especialização em Enfermagem (UEL), Mestrado em Enfermagem (UEL) e Doutorado em Enfermagem (UEM), além de pós-Doutorado em Enfermagem (UEL). Era também professora de graduação e pós-graduação na área da Saúde.

Com simpatia, agilidade e destreza, atendia a todos, independentemente da hora. Sempre resolutiva, lutou bravamente para reduzir os casos de Covid-19 na cidade, junto da equipe da Secretaria, com a implantação de um Centro Municipal de Referência de Vacinação, ações pontuais e volantes de imunização e um Centro Municipal de Referência para atender pacientes suspeitos ou com a doença.

Paloma trabalhou muito para realizar o sonho da cidade: o de ter um Pronto Atendimento (PA) 24h. Deixa o legado de ser a primeira a chegar e a última a sair do ambiente de trabalho, atuou como uma grande gestora e líder de equipe e ajudou a resolver questões diárias do setor. Trabalhava junto aos governos estadual e federal para que Rolândia conseguisse verbas de custeio e benefícios para os pacientes do SUS, usuários da rede municipal de saúde.

Que Deus possa acalentar nossos corações, da família, amigos e de uma cidade, que perde uma de suas figuras públicas mais representativas e atuantes.

Rolândia perde mais do que uma Secretária ou uma Servidora. Perde alguém que amou trabalhar em prol da saúde da população. Fica o agradecimento público do Município, por tudo aquilo que ela fez. Os inúmeros planos serão continuados pela equipe, que está arrasada.

Em breve, informações sobre velório e sepultamento.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM:

Cotidiano

Rolândia: Papai Noel chega no dia 06

Horário especial estendido do comércio também terá início na segunda-feira, dia 6 de dezembro A Associação Comercial e Empresarial de Rolândia (ACIR) divulgou o horário

Cotidiano

‘Amigo é coisa pra se guardar…’

Editorial – Edição: 850 – sexta-feira, 26/11/21 Olá, querido leitor e cara leitora do JR Que semana difícil para os rolandenses. Apanhados de surpresa com