Artistas de Cambé e Rolândia estão no Bolsa Qualificação

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Cultura
  6. /
  7. Artistas de Cambé e...

Trabalhadores (as) da Cultura tiveram seus nomes homologados no programa do Governo do Estado

O Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) divulgou na segunda-feira (18) a lista, ainda parcial, de artistas, agentes culturais e fazedores de cultura homologados no programa Bolsa Qualificação Cultural. O município de Rolândia tem, até o momento, 31 pessoas aprovadas; já Cambé conta com 43 artistas com inscrições deferidas.

Na quinta-feira (21), a UEPG divulgou um edital complementar com o resultado dos recursos, cujo prazo terminou na sexta-feira (15). Os trabalhadores e trabalhadoras da Cultura, cujos nomes constavam na relação do dia 18, participaram da live de boas-vindas na noite da terça-feira (19).

BOLSA
O programa prevê uma bolsa de R$ 3 mil a trabalhadores e trabalhadoras da Cultura do Estado com recursos da Lei Aldir Blanc, em três parcelas de R$ 1.000,00. A Lei Federal nº 14.017 de 29 de junho de 2020 foi elaborada pelo Congresso Nacional com a finalidade de atender o setor cultural, maior afetado com as medidas restritivas de isolamento social impostas em razão da pandemia, destinando para tal o valor de R$ 3 bilhões. Em 2021, a Lei foi prorrogada, estendendo a possibilidade para que estados e municípios façam a utilização dos recursos em prol do setor cultural.

Rolândia tinha direito a 71 Bolsas (total de R$ 213 mil) para seus artistas e apenas pouco mais de 60 pessoas se inscreveram. Já Cambé poderia ter 110 fazedores de cultura com a Bolsa Qualificação – o valor para Cambé é de R$ 330 mil.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Religião

Jesus disse ‘sim’

Por Monsenhor José Ágius Nosso catecismo básico diz que Jesus morreu para nos salvar. Difícil é explicar porque ele teve que morrer. Dizer que é