Black Bomb (BLB) em Festival de Dança de Joinville

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Cultura
  6. /
  7. Black Bomb (BLB) em...

Grupo de dança K-Pop alcançou 2° e 3° lugares em um festival web e garantiu participação no festival catarinense, que é referência nacional

Criado em janeiro de 2019, o Black Bomb (BLB), grupo de dança rolandense de K-Pop, conta com 9 membros e vem ganhando destaque em competições de dança. Em 2020, o grupo participou da 1ª edição do Web Dance Festival, relacionado ao Festival de Dança de Joinville, e ficou com o 2° e 3° lugares da competição: participaram com as coreografias ‘Wannabe’ e ‘Out of my mind’.

Black Bomb (BLB), grupo de dança rolandense de K-Pop, conta com 9 membros

O festival online era voltado a grupos, escolas, academias, bailarinos, dançarinos e público em geral, e foi uma oportunidade para que todos se conectassem com a dança de uma maneira diferente e interativa. No Web Dance Festival, os participantes podem concorrer como competidores com suas coreografias ou como jurado: sua avaliação ajudará a classificar os melhores trabalhos do Festival. A primeira edição foi totalmente gratuita e contou com quase 18 mil participantes.

Os mais de 50 mil votos, junto com os votos dos jurados, definiram as notas das 1.406 coreografias cadastradas. A live de divulgação de resultados contou com a participação dos jurados do evento e anunciou os ganhadores dos vales compras, premiação em dinheiro e a vaga garantida nos Palcos Abertos do Festival de Dança de Joinville desse ano, como foi o caso do grupo de Rolândia.
“Conseguimos vagas para se apresentar nos palcos abertos do 38° Festival de Dança de Joinville. Na época, por conta da pandemia, o evento foi adiado para esse ano, e agora que as coisas estão finalmente se ajeitando estamos muitos ansiosos para realizar esse grande sonho”, explicou Sandra Batista, assessora do grupo.

O 38º Festival de Dança de Joinville ocorre no período de 05 a 16 de outubro. O formato do evento será híbrido, com atividades presenciais e virtuais. Para a Mostra Competitiva, os Palcos Abertos e o Festival Meia Ponta, os grupos selecionados podem optar por apresentar-se presencialmente ou de forma digital, através de vídeo previamente gravado junto à organização do FDJ. “O grupo ensaia todos os finais de semana, e quando tem competição ensaiamos no meio da semana também. Temos membros que trabalham, e estudam, outros fazem faculdade, por isso os ensaios sempre são à noite e finais de semana. O grupo também faz gravações para o canal no YouTube”, revelou Sandra.

Nesse momento a líder do BLB é Nicole Martins, e o grupo é composto por divisões. O 1º Black Bomb é o grupo principal e compõe todas as divisões unificadas; o 2º é o Blb Babys, voltado para os dançarinos mais novos, de 6 a 11 anos; o 3º é o Kady, uma divisão voltada para danças de casais e atualmente é formada por duas meninas e dois meninos, e o 4º é o Blb Sister, uma divisão voltada não só para o K-Pop, mas também para outros estilos de dança e, nesse momento, é formado por duas irmãs. “Sempre procuramos locais da cidade para realizarmos nossas gravações. O objetivo do grupo é ser a segunda família para aqueles que amam a dança e a cultura. O ditado do grupo é: não precisa saber dançar, você só precisa tomar uma decisão, ser família”, ressaltou a assessora.

Mais sobre o BLB
As pessoas podem saber mais sobre o grupo Black Bomb (BLB) através do Instagram (@blb_dance_cover/). Quem quiser participar do grupo deve entrar em contato pelos fones (43) 9.9120-6681, (43) 9.9857-0620 ou (43) 9.9867-1069.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Religião

Jesus disse ‘sim’

Por Monsenhor José Ágius Nosso catecismo básico diz que Jesus morreu para nos salvar. Difícil é explicar porque ele teve que morrer. Dizer que é