Lei Aldir Blanc: artistas premiados terão exposição

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Cultura
  6. /
  7. Lei Aldir Blanc: artistas...

Os 38 rolandenses contemplados pela Lei Aldir Blanc terão seus trabalhos expostos no museu municipal a partir do dia 10 de janeiro

A fotógrafa Vanessa mostrou seu trabalho ao prefeito Ailton Maistro

Os 38 artistas rolandenses contemplados com a premiação do segundo edital de premiação da Lei Aldir Blanc, do Governo Federal, com benefícios de R$ 2 mil, 4 mil e 6 mil, terão seus trabalhos expostos no Museu Municipal a partir do dia 10 de janeiro. A informação foi dada no dia 20 de dezembro, quando o prefeito Ailton Maistro recebeu em seu gabinete a artista Vanessa Andrade Gazzi, uma das contempladas deste ano.

O pagamento aos artistas foi feito no dia 15 do último mês, quando a Prefeitura repassou os valores da premiação aos contemplados: foram 20 prêmios de R$ 6 mil; 11 premiações de R$ 4 mil e mais 7 prêmios de R$ 2 mil – esses recursos são a ‘sobra’ do edital Aldir Blanc de 2020. No total, foram R$ 178 mil em premiação de um total de R$ 220 mil disponíveis – ainda não se sabe se esses R$ 42 mil serão devolvidos ao Governo.

Uma das regras do novo edital para a participação desta segunda premiação era não ter sido premiado no edital do ano passado, o que levantou muita polêmica entre os artistas e o Poder Executivo. O edital ‘Segunda Premiação de Trajetória Artística e Cultural’ se destinava aos agentes culturais, artistas e fazedores de cultura, individuais e coletivo, desde que não tenham sido premiados na ‘1ª Premiação’.

Entre os critérios analisados estava o tempo de atuação artística na área, tempo de residência no município – pessoas com menos de dois anos não pontuavam nesses dois primeiros critérios – além de relevância cultural e fidelidade ao material temático. Cada uma dessas regras somava pontos, que após a soma, indicam o valor de premiação de cada participante.

A Lei Aldir Blanc, do Governo Federal, auxílio de emergência cultural na pandemia, surgiu com o objetivo de amenizar as perdas financeiras de artistas, produtores e trabalhadores da cultura em geral. Em 2020, no primeiro edital, foram 46 artistas e duas empresas contempladas, no valor de 274 mil.

Contemplados
Rossana Mara Guariente; Eliane Castilho De Mello; Claudia Portelinha Schwengber; Gilberto Francisco De Souza; Ana Paula Nepomoceno Dantas ; Sonia Maria Leonardi; Fabiano Herculano Dos Santos; Karina Branco ; Vanessa Moloni De Andrade Gazzi; Vera Lucia Sotero; Martinha Segatel Do Rosario; Jean Henrique Santos Basaglia; Igor De Jesus Da Silva; Edmundo Tiedt; Fernanda Polvani Festi; Ellen Takaiane Reis; Rosemary Carvalho; Sandra Maria Leonardi; Orivaldo De Oliveira; Wendy Duarte; Leonice Savi; Giovani Bondezan; Nayara Caroline Afonso e Silva; Eduardo Frontelli; Giovana Ap. Inacio; Adalberto Goulart Junior; Raquel Pasqualino Pecorare; Ederson Marcos Fonseca; Danilo Castro Moraes; Bruno Wesley Gouveia; Noeli Angelita Borges Fernandes; Alessandro Henrique Dantas; Marco Venancio Da Silva; Andre Mauri Freitag; Gigliane Sirley De Sousa Correa; Patrick Camargo Ribeiro; Thais Kreling Gulzow e Fabio Da Silva Santos.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Cultura

Festa Julina da ACER é neste sábado

Convites de consumação individual custam R$20 e estão à venda na Padaria Roland; evento começa às 19h no Campo Nissei Neste sábado, dia 02 de

Cultura

Hoje tem Arraiá da USNSA

Festa Junina vai contar com comidas típicas e muitas brincadeiras para toda a família A Unidade Social Nossa Senhora Aparecida promove neste sábado (25) o