ACIR inicia entrega dos Kits da campanha de Natal

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Economia
  6. /
  7. ACIR inicia entrega dos...

Lojistas já podem fazer a entrega dos cupons aos clientes desde a terça-feira (16); prêmio neste ano é de R$ 25 mil em vales

Ângela e Marcel, da ACIR, entregam o kit do ‘Natal Premiado’

Já começou a distribuição dos Kits da campanha ‘Natal Premiado’ da Associação Comercial e Empresarial de Rolândia (ACIR). Apesar disso, a entrega dos cupons por parte das lojas participantes aos clientes começa a ser feita nesta terça-feira (16). “Os cupons passam a ter validade a partir dessa data”, explicou Tatiana Figueiredo Correa, gerente executiva da ACIR.

Neste ano, além da volta do sorteio físico, a campanha de Natal terá os cupons e também ‘raspinhas’ virtuais. De acordo com a organização, neste ano a premiação será de R$ 25 mil em vale-compras. “Serão 70 pessoas sorteadas com vale-compras: 20 com vales de R$ 1 mil e 50 com vales de R$ 100”, ressaltou a gerente.

Os vale-compras de R$ 1 mil serão sorteados fisicamente enquanto os vales menores serão pela ‘raspinha’ virtual. “Essa raspinha aparecerá quando a pessoa cadastrar seu cupom. Ou seja, ela tem já na hora a chance de ganhar um prêmio”, pontuou Tatiana Figueiredo.

Segundo a Associação Comercial de Rolândia, mais de 100 associados já aderiram à campanha, o que mostra um bom momento do comércio. Os lojistas e empresários associados à ACIR, e que ainda não aderiram à campanha de Natal, podem entrar em contato com a Associação pelo telefone 3256-1063.

“Esse fone também funciona como WhatsApp. Podem nos mandar mensagens que nossa equipe de venda irá visitá-lo”, concluiu a gerente.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Cotidiano

Sobre as matérias desta edição

Editorial – edição: 873 – sexta-feira, 27/05/22 Olá, querido leitor e cara leitora do JR Neste editorial, abordaremos um pouco das matérias que estão nesta

Religião

Jesus disse ‘sim’

Por Monsenhor José Ágius Nosso catecismo básico diz que Jesus morreu para nos salvar. Difícil é explicar porque ele teve que morrer. Dizer que é