ACIR reestrutura estatuto e faz algumas mudanças

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Economia
  6. /
  7. ACIR reestrutura estatuto e...

Estatuto já tinha mais de 10 anos; diretoria vai até o fim de ano e entidade agora se chama Associação Empresarial de Rolândia

O presidente da ACIR, Fábio Fernandes (à esq.), ao lado do prefeito Maistro e do secretário Horário Negrão

A diretoria da Associação Comercial e Empresarial de Rolândia (ACIR) realizou uma Assembleia Geral e aprovou uma reestruturação em seu estatuto, que era de 2010. Essa reestruturação era necessária, uma vez que a Associação é muito representativa na região e tinha um período de gestão diferente da Coordenadoria das Associações Comerciais e Empresarias do Norte do Paraná (Cacinp) e da Federação da Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Paraná (Faciap), por exemplo, das quais faz parte. A Assembleia foi realizada no dia 12 de maio no auditório da própria ACIR.


“As instituições como a Cacinp e a Faciap trocam a gestão, sua diretoria, no final do ano e, na ACIR, a troca de gestão era em abril/maio”, iniciou sua explicação o presidente da ACIR, Fábio Fernandes. “Nós sincronizamos as datas das trocas de gestões para não haver diferenças grandes entre a nossa e as das entidades, pois temos várias ações regionais vinculadas ao sistema associativista e, com a troca em datas diferentes, os projetos eram prejudicados”, complementou Fábio. Dessa maneira, o atual presidente da Associação fica no cargo até o final do ano, quando acontece uma nova eleição na entidade.

Novo nome
A entidade rolandense continua com a mesma sigla – ACIR -, mas mudou de nome. Agora, passa a se chamar Associação Empresarial de Rolândia, o que é uma tendência em outras associações do Brasil. “Seguimos nessa modernização, buscando um envolvimento maior de toda a classe do empresarial, uma vez que o segmento comercial figurava muito forte e, dessa nova forma, envolvemos todos os segmentos”, resumiu Fábio.


Outra mudança aprovada na Assembleia da ACIR foi na parte burocrática. “A ACIR precisava ter mais autonomia e autoridade em alguns contratos para proteger as empresas e a própria Associação”, pontuou o presidente. “No geral, fizemos esses ajustes para ficar em consonância com outras associações, mas nada substancial. A essência da ACIR continua nas atividades, serviços e na forma com que é conduzida”, concluiu Fábio.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Economia

Preparativos para o Natal

Reunião realizada pela ACIR levantou sugestões e possibilidades da decoração natalina, ações e promoções A Associação Empresarial de Rolândia (ACIR) realizou uma reunião para discutir