Folha de pagamento ‘come’ 52,70% da receita do município

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Economia
  6. /
  7. Folha de pagamento ‘come’...

Índice é mais de 1% a mais do que o limite prudencial estipulado pelo Tribunal de Contas do Paraná, que é de 51,30%

O município de Rolândia fechou o mês de julho com 52,70% de índice da folha de pagamento de pessoal: isso quer dizer que, no mês passado, o pagamento de servidores correspondeu a 52,52% da Receita Corrente Líquida (RCL) do município. O número foi dado extraoficialmente pelo secretário municipal de Finanças, Eder Junior Evangelista.
O índice é 1,40% a mais do que o limite prudencial estipulado pelo Tribunal de Contas do Paraná (TC-PR), que é de 51,30%. Apesar desse alerta, o número atual está bem abaixo do limite máximo, estipulado do TC-PR, que é de 54%. É uma luz amarela acesa.

Profis e atrasados
De acordo com o setor de Tributação da Prefeitura Municipal, foram lançados mais de R$ 24,6 milhões em carnês de IPTU em 2021 – nesse valor está incluído da taxa de coleta de lixo, que é de cerca de R$ 3,2 milhões. Neste ano, até a semana passada, haviam sido arrecadados R$ 12,3 milhões em imposto predial e R$ 2,6 milhões em imposto territorial. Já há em atraso aproximadamente R$ 4,1 milhões: R$ 3,2 milhões em imposto predial e R$ 941 mil em territorial.
O município tem cerca de R$ 28 milhões em impostos atrasados. No Profis que está em vigência, foram negociados R$ 2.523.042,03: desse total, entraram no caixa da prefeitura R$ 1.745.893,99, há R$ 604 mil a vencer e R$ 176 mil já atrasados.

Plantão Profis
O setor de Tributação da prefeitura irá realizar um novo ‘Plantão Profis’ em setembro. A informação foi dada por Maurílio Puliquesi, diretor do setor. “Mas, agora, iremos trabalhar no período da manhã exclusivamente para o Profis, que também pode ser feito no período normal de trabalho da prefeitura”, ressaltou Maurílio. Para tanto, o setor ficará aberto, extraordinariamente, de 13 a 22 de setembro, das 08 às 10h30, sempre durante os dias das semana. “Também continua atendendo das 12 às 17 horas nesses dias”, afirmou o diretor.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Religião

Jesus disse ‘sim’

Por Monsenhor José Ágius Nosso catecismo básico diz que Jesus morreu para nos salvar. Difícil é explicar porque ele teve que morrer. Dizer que é