Alunos de Prado continuam no modelo remoto

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Educação
  6. /
  7. Alunos de Prado continuam...

Até o momento não há uma previsão de retomada do ensino presencial no município

A rede municipal de educação do município de Prado Ferreira ainda está utilizando o modelo de ensino remoto para aplicar as aulas às 485 crianças que estão matriculadas nas instituições públicas da cidade. Wilson Herber Filho (foto), secretário Municipal de Educação e Cultura de Prado Ferreira, explicou um pouco sobre como tem sido esse processo com os estudantes.

“Nesse momento ainda estamos seguindo o modelo de aula remota, no qual os pais têm que ir retirar as atividades impressas que ficam nas escolas e nos CMEIS. As retiradas ocorrem todas as sextas-feiras, momento em que eles também entregam as atividades feitas da semana anterior”, informou Wilson. Sobre a quantidade de alunos atendida no município, o secretário afirmou que há cerca de 485 crianças matriculadas na rede de ensino municipal.

]Wilson explicou que as atividades são feitas dessa maneira impressa porque no município muitas crianças não têm acesso a celular e computador, e isso dificulta o processo de fazer algo 100% online. “Os professores também fazem a interação com as famílias pelos grupos de WhastApp. Em cada dia da semana, há uma atividade diferente para ser feita, que é explicada pelos professores no grupo para os país tirarem todas as dúvidas”, ressaltou. Nos CMEIS, o processo também é o mesmo, porém trabalha-se mais a parte lúdica com as crianças.

Atualmente Prado Ferreira conta com o CMEI Ciranda do Saber, com o CMEI José Oguido, e com a Escola Municipal Helena Kolody. “Atendemos 160 crianças na rede de educação infantil, e na escola municipal nós atendemos 322 crianças do 1ª ao 5º ano, que é referente ao Fundamental Anos Iniciais”, explicou o secretário. Até o momento não a uma previsão de retomada do ensino presencial no município, que precisa adotar toda uma logística de segurança sanitária para fazer esse retorno tomando todos os cuidados necessários e seguindo os protocolos de saúde.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Religião

Jesus disse ‘sim’

Por Monsenhor José Ágius Nosso catecismo básico diz que Jesus morreu para nos salvar. Difícil é explicar porque ele teve que morrer. Dizer que é