Aula 100% presencial em Rolândia, mas com rodízio

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Educação
  6. /
  7. Aula 100% presencial em...

Instituições da rede municipal farão a retomada completa das aulas presenciais; permanecem no remoto alunos que possuem comorbidades

A rede municipal de Educação de Rolândia voltará ao sistema 100% presencial de aulas a partir desse mês de outubro. A retomado atende a resolução 160 da Secretaria Estadual de Saúde e da Secretaria Municipal de Educação que pede o retorno de todos os alunos às instituições. Segundo a secretária de Educação, Leise Camargo, o ensino remoto (com os roteiros) será permitido apenas aos alunos que têm alguma comorbidade. Todos os demais voltarão às aulas presenciais, que continua em sistema híbrido e com rodízio nas salas de aulas, para evitar aglomerações.

“Nós pedimos aos pais que procurem as instituições de Educação dos filhos e se organizem junto com elas para que a criança volte para a escola. Não haverá mais a entrega de roteiros, exceto na semana em que ele estiver estudando em casa. Lembramos que a criança que não frequentar a escola corre o risco de reprovar, então eu peço que todos os pais tomem cuidado e se atentem à mudança”, ressaltou a secretária.

Muitas unidades já estão contatando os pais ou responsáveis para informar sobre o retorno às aulas presenciais. “Mas é importante que aquele responsável que ainda não se informou sobre a mudança busque esse atendimento o quanto antes, pois a Educação Básica é um direito garantido para todas as crianças, e precisa ser atendido pelos pais nesse retorno híbrido”, pede Leise.

“Nós apenas estamos cumprindo com a lei e estamos fazendo a nossa parte enquanto governo de ofertar esse direito às crianças. Cabe ao pai ou responsável cumprir com a obrigação de enviar a criança para a escola o CMEI”, alertou Leise. “Se a criança não tiver comorbidade e, mesmo assim, continuar em casa, sem estudar no sistema de rodízio presencial, ela receberá falta”, concluiu a secretária de Educação.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Religião

Jesus disse ‘sim’

Por Monsenhor José Ágius Nosso catecismo básico diz que Jesus morreu para nos salvar. Difícil é explicar porque ele teve que morrer. Dizer que é