Rolândia: alunos do município terão aulas de reforço escolar

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Educação
  6. /
  7. Rolândia: alunos do município...

Aulas de reforço começam na próxima semana e abrangem as disciplinas de português e matemática

A escola São Fernando é uma das que receberá aulas de reforço

A partir da segunda semana de maio, a Rede Municipal de Educação de Rolândia, por meio da Secretaria de Educação, dará início ao projeto de oferta de reforço escolar para os alunos das escolas municipais que precisam de maior atenção e ajuda. O projeto, conhecido como SAPE – Sala de Apoio Pedagógico, é especialmente focado nas didáticas de português e matemática.


Segundo a secretária de Educação, Leise Camargo, a princípio os alunos que necessitam do reforço poderão receber as aulas nas escolas do São Fernando, Professor Vitório Franklin, Garrastazu Medici e Maria do Carmo Campos. “Estamos organizando conforme contratação do PSS e disponibilidade das escolas com relação a espaço. Sabemos da necessidade de todas as escolas de atender com o projeto de reforço escolar conhecido por SAPE. No entanto, tivemos um aumento grande de matrículas e algumas escolas tiveram que ocupar a sala que seria para esse reforço”, explica


Conforme afirmado pela secretária, as aulas começam a partir desta semana. “Conforme o chamamento, vamos encaminhando os professores para esse trabalho. E, conforme, formos contratando, disponibilizaremos para as demais escolas que possuem espaço para tal atendimento. Quanto mais contratarmos, mais será ampliado o número de escolas que terão atendimento”, informa.


Neste momento, ainda não há no município um levantamento que contabiliza o número total de crianças que vão participar do projeto. “Dependemos de as escolas estarem repassando essa informação, mas queremos atender o maior número possível devido ao que a gente vem acompanhando com os resultados pedagógicos. Tudo vai depender também da avaliação desses alunos, e da real da necessidade deles para esse atendimento também”, ressalta a secretária.


Leise também justifica a escolha destas duas disciplinas a serem ofertadas aos alunos que irão para a SAPE. “Trabalhamos a defasagem da criança na escola, então, focamos em português e matemática, pois o essencial é a crianças aprenderem a ler, escrever e calcular. As professoras também atuam pontualmente na dificuldade da criança, pois, antes, existe toda uma avaliação para entender qual é a dificuldade que essa criança apresenta. É quase que um trabalho individual”, pontua.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

vagas de emprego

JORNAL DE ROLÂNDIA – VAGAS SINE

CONFIRA AS VAGAS DISPONÍVEIS PARA ESTA SEXTA-FEIRA, 20/05 Assistente Administrativo/ PPCP Assistente Téc. Seg. Trabalho Auxiliar de contabilidade*** Auxiliar de Mecânico Diesel Auxiliar de Produção Auxiliar