Câmara de Cambé aprova Moção para atletas do Kickboxing

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Esporte
  6. /
  7. Câmara de Cambé aprova...

Vereadores cambeenses aprovaram a justa homenagem aos atletas, por unanimidade, durante a sessão ordinária de segunda-feira (18)

Equipe Alcateia leva o nome, e a bandeira, de Cambé pelo Brasil afora

A Câmara de Vereadores de Cambé aprovou, por unanimidade, a Moção Honrosa para a Equipe Alcateia de Kickboxing na sessão da segunda-feira (18). A Moção foi proposta pelo vereador Odair Paviani e recebeu apoio de vários parlamentares. A data para a entrega da homenagem ainda não foi marcada.

Brasileiro
A Alcateia participou do 30º Campeonato Brasileiro de Kickiboxing em setembro, no Rio de Janeiro, e trouxe três pódios: foram dois títulos de campeão e um de vice. A equipe cambeense também garantiu uma vaga no Sul Americano do esporte.


A equipe receberá cinco moções honrosas individuais pelas conquistas. O professor Luiz Humberto da Cunha Filho vai receber a honraria por liderar e treinar o grupo. “Ficamos muito satisfeitos com a iniciativa do vereador Odair Paviani e com o apoio dos vereadores. A Moção põe em evidência a importância do esporte na vida dos jovens e pessoas de todas as idades e valoriza o Kickboxing, que recentemente passou a ser um esporte olímpico”, comemorou Cunha.

Alcateia
A Equipe Alcateia Kickboxing foi criada em 2012 e tem trazido várias medalhas para o esporte de Cambé. Atualmente, responde pelo acompanhamento e treinamento de 50 alunos, metade deles são mulheres. “É um esporte de contato de alta performance apaixonante. Na minha família, minha esposa e filhas praticam e minhas meninas estão entre as medalhistas”, ressaltou Luiz Humberto, orgulhoso.

O professor pratica artes marciais desde os 11 anos e passou pelo Caratê e Muay Thai, no qual é grau preto, reconhecido pela Liga Paranaense dos Dragões. No kickboxing é Black Belt 1º Dan da Confederação Brasileira. “Os principais desafios de um atleta é manter uma dedicação nos treinamentos”, filosofa.

Um dos desafios do professor Luiz Humberto para 2022 é criar um projeto ainda voltado para jovens em situação de vulnerabilidade.

Nos últimos 4 anos, seus atletas estiveram em várias competições regionais, estaduais e nacionais. Trouxeram medalhas e campeonatos da Copa do Brasil, do Campeonato Brasileiro e um título internacional conquistado na Copa América de 2.020, em Foz do Iguaçu.

O vereador Odair Paviani, autor da proposição das moções, afirma que valorizar as conquistas traz incentivos a jovens, crianças e adultos de praticarem um esporte. “Além de fortalecer o corpo e a mente, o esporte ajuda as pessoas a se posicionarem positivamente frente aos desafios”, pontuou o parlamentar.

Paviani explica que, juntamente com a retomada pós pandemia, é importante que o Poder Público invista em projetos que levem o esporte para as escolas e bairros. “É preciso criar oportunidades para que as pessoas conheçam vários de esporte, assim como é preciso ampliar as ações culturais”, defendeu.

Homenageados
O 30º Campeonato Brasileiro de Kickboxing foi realizado entre os dias 4 e 7 de setembro no Rio de Janeiro. O atleta Maicon Aparecido Ferreira Lima, que treina há apenas um ano, conquistou a medalha de prata na categoria Faixa Branca Masculino Adulto. Mariana Borba, faixa marrom de kickboxing e atual campeã paranaense na modalidade, garantiu a vaga no Sul Americano que acontece ainda neste ano. Ela acumula medalhas de campeã desde 2014.
Ana Clara Montini da Cunha, atual campeã Paranaense na modalidade Kick Light, foi campeã no Rio. Gabriela Montini da Cunha, também campeã paranaense, se tornou campeã brasileira na modalidade Point Fight.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Religião

Jesus disse ‘sim’

Por Monsenhor José Ágius Nosso catecismo básico diz que Jesus morreu para nos salvar. Difícil é explicar porque ele teve que morrer. Dizer que é