Não jogue lâmpadas no lixo: leve-as à Semma

  1. Home
  2. /
  3. Notícias
  4. /
  5. Meio Ambiente
  6. /
  7. Não jogue lâmpadas no...

Secretaria de Meio Ambiente de Rolândia recebe lâmpadas fluorescentes, que são recolhidas pela Reciclus

Secretária de Agricultura e Meio Ambiente tem um local para receber as lâmpadas

Quem anda por Rolândia muitas vezes vê lâmpadas fluorescentes sendo descartadas em locais errados ou jogadas em meio à natureza. Não é incomum observar esse material em caçambas, por exemplo. O mal que o mercúrio desse produto pode causar ao ambiente, e ao próprio homem, é enorme e, por isso, um descarte adequado deve ser feito.

“Em Rolândia, temos uma parceria com a Reciclus desde julho do ano passado e, com isso, já recolhemos mais de 1 tonelada em lâmpadas fluorescentes que poderiam ir para descarte inadequado”, comemorou Audinil Maringoda Junior, secretário de Meio Ambiente de Rolândia. Ainda segundo Audinil, os trâmites para realização da parceria iniciou-se em fevereiro de 2021 e foi concretizado em julho com a implantação do ponto de coleta na própria Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Rolândia (Semma).

Localizada na rua Santa Catarina 1396, na região central de Rolândia, a Semma recebe as lâmpadas para descarte de segunda a sexta-feira, das 9 às 11 horas e das 13 às 17 horas.

“A coleta é uma parceria entre o município de Rolândia e a Reciclus e temos um ponto de coleta na própria Secretaria de Meio Ambiente, onde os rolandenses podem realizar o descarte sem custo das lâmpadas, também não há custo para o município”, explicou Audinil. “Toda vez que se completa uma carga, avisamos a empresa, que vem fazer a coleta. Até o momento foram coletadas 1116 quilos de lâmpadas”, ressaltou o secretário.

O primeiro recolhimento da empresa Reciclus em Rolândia foi em agosto de 2021 e, nessa ocasião, foram coletados 750 quilos desse material. “Nessa primeira vez foi maior porque havia lâmpadas armazenadas no galpão da Infraestrutura”, contou o secretário. Desde então, a média tem sido de 50 quilos de lâmpadas por mês. “A última coleta foi no dia 22 de fevereiro e foram levadas 48 quilos de material”, pontuou Audinil Maringonda Junior.

De acordo com a Reciclus, todas as lâmpadas de seus coletores têm destino certo – são encaminhadas para recicladoras homologadas para descontaminação e reaproveitamento de mais de 90% dos seus componentes na indústria.

Ainda segundo a Reciclus, a empresa tem mais de 3,1 mil pontos de entrega de lâmpadas pelo Brasil todo.

Perigo à natureza
As lâmpadas fluorescentes são compostas por mercúrio, um material muito nocivo à natureza e aos seres vivos. Quando descartadas de forma irregular, a substância pode afetar a atmosfera causando chuvas contaminadas. Animais e plantas também podem morrer ao absorver o mercúrio. “Por isso, descartando suas lâmpadas da forma adequada, você estará evitando danos como esses possam ocorrer. Faça sua parte e colabore com o meio ambiente”, conclui Audinil Maringoda Junior.

Mais informações sobre o assunto pelo telefone, que também é WhatsApp, (43) 3156-0333.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM:

Colunas

Aluna Kumon passa em vestibular da UEL

Por Kumon Unidade Rolândia O Kumon é uma metodologia que visa incentivar na criança a autonomia nos estudos, buscando fortalecer o potencial de aprendizado de

vagas de emprego

JORNAL DE ROLÂNDIA – VAGAS SINE

CONFIRA AS VAGAS DISPONÍVEIS PARA ESTA QUARTA-FEIRA, 18/05 Assistente Técnico em segurança do trabalho Auxiliar de mecânico diesel Auxiliar de produção (exclusiva PCD) Auxiliar de produção

Esporte

Rolandenses no Brasileiro de Ciclismo do Rio

Competição reúne os melhores ciclistas do Brasil nas categorias Elite, Sub23 e no Paraciclismo A equipe de Ciclismo de Rolândia participa, a partir desta quinta-feira