Candidatas à Rainha da Oktoberfest entregam dossiê à Comissão Organizadora

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Candidatas à Rainha da...
A eleição da Rainha da 28ª Oktoberfest de Rolândia rendeu muita polêmica nas redes sociais, tão logo o resultado foi divulgado. O debate e as reclamações saíram do Facebook e ganharam as ruas com as 12 candidatas conversando sobre as irregularidades, segundo elas, que cercaram a eleição. As reclamações se davam principalmente sobre o tratamento diferenciado recebido pela candidata de Londrina, de acordo com as participantes, e por que a candidata conheceria os jurados e a própria organizadora do concurso. As outras candidatas deram entrevistas e chegaram a se reunir na praça da Igreja Matriz para traçar uma estratégia.

A Comissão Organizadora do concurso, encabeçada por Amilton Claudino da Silva, deu entrevista ao JR e afirmou que cancelaria o resultado, desde que se apresentassem provas de irregularidades ou fraudes. As candidatas prometeram entregar uma documentação com as “provas” pedidas pela Comissão.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Associação Cultural Recreativa e Esportiva da Vila Oliveira – ACREVO, entidade responsável pela 28ª Oktoberfest de Rolândia, vem, por meio desta, comunicar que o Concurso para a eleição da Rainha e Princesas da festa, realizado em 09 de julho de 2016, no Espaço de Eventos Viva Viva, foi baseado em um regulamento, elaborado para prever os critérios a serem seguidos, onde consta que as incrições abrangeriam os municípios de Rolândia, Cambé, Londrina e Arapongas. Este regulamento tem sido divulgado desde fevereiro de 2016, em jornais locais e mídias sociais, além de ter sido apresentado a todas as candidatas inscritas, que tinham plena ciência das regras, havendo concordância a respeito das mesmas.

Ressaltamos que, no Art. 7º do regulamento, consta que será incontestável a avaliação feita pelo corpo de jurados, não havendo, portanto, recurso para alterar a pontuação e a classificação por eles cedida. Informamos ainda que, as candidatas que utilizarem meios de comunicação e mídias sociais para denegrir a imagem da organização estarão sujeitas à desclassificação do concurso e sanções cabíveis.

Desde já, a organização se coloca a disposição das candidatas para esclarecer quaisquer dúvidas existentes.
Rolândia, 13 de julho de 2016.
AMILTON CLAUDINO DA SILVA 
Presidente da ACREVO

idagencia

idagencia

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: