Rafael tenta, nesta sexta-feira, sua 2ª medalha olímpica

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Rafael tenta, nesta sexta-feira,...

   Contra o hondurenho Ramon Pileta, o judoca peso-pesado de Rolândia, Rafael Silva, inicia a caminhada em busca de sua segunda medalha olímpica – Baby, como é conhecido, foi bronze nas Olimíadas de Londres em 2012.
A luta está marcada para a manhã desta sexta-feira (12) na Arena 2 do complexo olímpico e Rolândia deve parar para torcer por um de seus filhos mais nobres. As finais da categoria peso-pesado (+ 100 kg), serão realizadas a partir das 15h30 e a torcida é para que Rafael esteja classificado.

Favorito é francês

  O grande favorito para a medalha de ouro da categoria peso-pesado é o francês Teddy Riner, atual campeão olímpico e 8 vezes campeão mundial. Riner é o judoca a ser batido há quase 10 anos e pode ser bicampeão olímpico se não se machucar durante as lutas.
   Mas o judoca de Rolândia também nã está para brincadeiras e quer a sua segunda medalha olímpica e, se possível, ainda mais valiosa que a de bronze que já tem. Com cerca de 160 quilos espalhados em 2,03m de altura, Rafael Silva fez uma verdadeira peregrinação para ganhar, nos tatames, a vaga única para as Olimpíadas do Rio de Janeiro. O atleta se machucou em julho de 2015, foi submetido a um procedimento cirúrgico e voltou a competir apenas no início deste ano. Travou uma batalha pessoal contra David Moura na briga pela vaga.
   Convocado para a Seleção, tem treinado bastante focado apenas na competição, pois sabe que essa pode ser a sua última competição olímpica – em 2020 estará com 33 anos.
Força, Rafael, Rolândia está com você!

idagencia

idagencia

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: