Um mês depois, o fogo veio

  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Um mês depois, o...
Não adiantou nada o JR fazer a matéria e alertar sobre um possível fogo que “pegaria” em alguns terrenos do Jardim Vale Verde, em Rolândia, no dia 18 de julho. Um mês depois, realmente o mato alto das datas pegou fogo misteriosamente e não houve tempo para a prefeitura notificar o proprietário do terreno para que ele limpasse o local. 

Neste fim de semana, atearam fogo no colonião alto, mas ainda tem muito mais para ser queimado, sem que ninguém seja responsabilizado por isso. 

Em meados de julho, a reportagem do JR foi até o local, entre a avenida Brasília e a rua Ribeirão Jaú, e fotografou o mato alto – o lugar só é limpado através do fogo. A reportagem do Jornal de Rolândia entrou em contato com o setor de fiscalização da prefeitura e foi informada que os fiscais estavam fazendo um levantamento para saber que são os donos daqueles terrenos para que sejam notificados. 

Terreno sem dono
Depois do fogo, a reportagem do JR voltou a ligar na prefeitura para informar do crime ambiental e ficou sabendo que o dono do terreno não foi localizado, pois aquela data pertenceria à Zona Rural – o trecho entre a avenida Brasília e a rua Ribeirão Jaú. O setor responsável também informou que entrou em contato com o Sindicato Rural de Rolândia, mas que não conseguiu o nome do proprietário. Será que o terreno não tem dono?

O caso é que o fogo veio e sujou todos os quintais próximos – as pessoas tiveram que gastar mais água para limpá-los. A qualidade do ar ficou prejudicada e as pessoas sofreram, principalmente as crianças e os idosos e quem tem problemas respiratórios. 
Como não há uma lei que puna o dono do terreno queimado, a festa do fogo vai continuar em Rolândia.


idagencia

idagencia

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM: