Lei do farol: motoristas não devem ser multados, defendem especialistas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Lei do farol: motoristas...
Especialistas em transporte e consultores de trânsito criticam a falta de sinalização sobre a lei do farol baixo nas rodovias federais e estaduais e defendem que não haja aplicação de multa por, pelo menos, dois meses para que os motoristas se acostumem com a lei.

O consultor em engenharia de tráfego e transportes Horácio Figueira disse que faltou uma campanha educativa mais intensa por parte das autoridades antes do início da vigência da lei do farol baixo e da aplicação da multa.

“Se não tiver uma sinalização por placa ou por painel de mensagem variável, as pessoas acabam se esquecendo de ligar o farol. Não é por maldade. É porque não é habitual. As pessoas nunca fizeram isso em 60 anos”, disse Figueira. Ele sugere ainda que a lei seja ampliada para todas as vias, inclusive ruas e avenidas em áreas urbanas e rurais, com prazo maior de adaptação.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o uso de faróis durante o dia permite que o veículo seja visualizado a uma distância de três quilômetros por quem trafega no sentido contrário da rodovia. Antes, a regra valia apenas para caminhões, ônibus e motocicletas.

“Tanto nas rodovias federais quanto nas estaduais, as concessionárias e as agências de transporte deveriam colocar placas fixas alertando sobre a lei do farol baixo, para não haver essa polêmica para não ficarmos com essa impressão de que querem apenas multar. O motorista não faz isso à revelia, como passar no semáforo fechado”, disse. Ele cobra a instalação de avisos fixos nas estradas até que os motoristas se acostumem com a nova legislação, em vigor há duas semanas.
idagencia

idagencia

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: