Candidatos falam sobre a Segurança Pública

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Candidatos falam sobre a...

Renato Sartori – Segurança pública, uma responsabilidade pública, uma responsabilidade compartilhada


Segurança pública é de fato, uma responsabilidade do Governo Estadual, mas o prefeito não pode se eximir dela. Nosso trabalho será em parceria com o Governo do Estado, uma responsabilidade compartilhada para promovermos política de segurança pública. Em nosso plano municipal, pretendemos cobrar efetivamente o governo estadual e federal, pois os programas de transferência de renda dão suporte ao combate à criminalidade e à violência. Buscar recursos para a nossa cidade irá contribuir para o bom funcionamento de nossa segurança. 

Para a Polícia Militar, cobraremos recursos para o funcionamento efetivo, manutenção dos equipamentos e das viaturas, pois isso colabora para a melhoria nos atendimentos e rondas. Buscar implementar uma patrulha efetiva (24 horas), já que, no momento, os distritos de Bartira e São Martinho contam com patrulha esporádica.

Dar atenção ao nosso 15º Batalhão, com a Polícia Militar de Rolândia, para que não sofram com tantos rodízios de comandantes como tem acontecido. Isso tem impossibilitado a criação de vínculo, o que dificulta a logística e o trabalho da Polícia Militar. Rever e cobrar a questão das câmeras de segurança, foi feito um alto investimento, e queremos vê-las funcionando em sua totalidade. 

Reforçar o Conselho Municipal de Segurança, um órgão que tem ajudado muito nossa cidade, um grande parceiro no combate à violência, participando da criação de soluções e alternativas para tornar nossa cidade mais segura. Precisamos do auxílio do Governo do Estado e a colaboração da Polícia Militar para evitarmos e fiscalizarmos algumas facilitações de tráfico. Em razão do entroncamento rodoviário, Rolândia está mais sujeita a essas facilitações.

E por último e não menos importante, a violência contra a mulher. Quero dar atenção especial aos casos de violência contra a mulher, buscar alternativas e recursos para a criação de uma delegacia especializada na mulher e na família.
Vamos trabalhar em conjunto, dividindo responsabilidade, cobrando recursos e contanto com o auxílio dos conselhos, pois nossa cidade precisa de um serviço de segurança eficaz e de qualidade.
Foto: Candidato a prefeito Renato Sartori e o vice Dr. Márcio Pierin com seus candidatos a vereadores e apoiadores da campanha

Luiz Francisconi – Segurança é uma agenda prioritária

Nas pesquisas recentes, em praticamente todas as cidades brasileiras, a falta de Segurança tira o sono dos moradores. Infelizmente em Rolândia não é diferente. Mesmo sendo sede do 15º Batalhão da Polícia Militar, a falta de efetivo e viaturas dificulta o trabalho operacional, mesmo reconhecendo o esforço incansável da PM e da Polícia Civil. Nas inúmeras reuniões com a comunidade, temos discutido projetos que serão implantados para melhorar a Segurança de nossa cidade. 

A primeira medida será a colocação em funcionamento das câmeras de segurança.  Já estamos em contato com uma empresa especializada. Antes que alguém pense o porquê desta demora, a resposta é simples: falta de recursos, pois a seguida queda dos repasses, principalmente do Fundo de Participação (responsabilidade da União) tem complicado a situação dos municípios. 

Uma outra medida, que pretendemos adotar com a participação das associações de moradores, clubes de serviços, igrejas, sindicatos e demais entidades, é o “Vizinho Solidário”.  Em Londrina, onde tenho familiares e muitos amigos, mais de 30 bairros já adotaram essa experiência. Em alguns deles, os resultados têm sido surpreendentes, principalmente com a diminuição nos casos de arrombamentos de moradias e assaltos nas ruas. O segredo deste programa começa pela aproximação dos vizinhos, passando depois, um cuidar da casa do outro. A grande vantagem do “Vizinho Solidário” é que ele requer apenas organização e mobilização dos moradores em torno do objetivo comum que é o de melhorar a Segurança para todos. 

Mas o nosso programa mais ousado para o setor de Segurança, o qual pretendemos adotar no próximo mandato, é a Guarda Municipal. Tenho visitado cidades que já adotaram a Guarda Municipal, e os resultados têm sido surpreendentes, não só na melhora da Segurança como também no avanço proporcionado na gestão do trânsito.  De imediato, a Guarda Municipal aumenta o efetivo policial e também o número de viaturas circulando.  Isso já transmite uma sensação de segurança.  Sabemos que Segurança Pública é uma responsabilidade do Estado, mas precisamos tomar medidas duras para combater a criminalidade. E é isso o que vamos fazer nos próximos quatro anos. 

idagencia

idagencia

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: