Ajude a comunidade terapêutica Vila Trindade, de São Martinho

  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Ajude a comunidade terapêutica...
A Comunidade Terapêutica Vila Trindade, em São Martinho, atua no tratamento, recuperação e reinserção de dependentes químicos e alcoólatras. Atualmente, a instituição abriga 11 residentes, mas a capacidade é para 16 pessoas. A Comunidade foi fundada em julho de 2013 e completou, portanto, três anos.

Luiz de Freitas, 33, coordenador da instituição, relata que a entidade recebe apenas homens, a partir dos 16 anos, de Rolândia e municípios da região. A equipe que atende os residentes é formada por dois coordenadores, duas psicólogas, uma assistente social e um monitor. 

O tratamento dura seis meses e foca em três eixos: disciplina, trabalho e oração. Freitas explica que os residentes têm uma rotina programada, passando pelo trabalho na chácara – horta, animais, jardim, cozinha e limpeza da casa – e um trabalho espiritual, utilizando a Bíblia e a literatura de narcóticos anônimos disponível. “A gente não prega nenhum tipo de religião. A gente trabalha a espiritualidade”, afirmou Freitas.

Os residentes acordam às 7h, de segunda a sexta-feira. O café da manhã é servido às 7h30. Entre as 8h e 9h, é realizado um trabalho de espiritualidade. Em seguida, os residentes vão para as atividades de laborterapia, que terminam às 11h30. O almoço é servido às 12h. Após o almoço, há um período de descanso até 13h45. 

No período entre as 14h e 16h30 são feitas atividades. Na segunda e terça-feira são as chamadas reuniões de passos. Na quarta-feira, os residentes participam de seminário ou atividades dinâmicas. Na quinta-feira, ensaiam uma peça de teatro, que é apresentada aos familiares no dia de visita. Na sexta-feira, é uma reunião de sentimento. “Cada um fala do seu sentimento na semana”, relata Freitas. Aos sábados e domingos esse horário é livre para descanso.

O café da tarde é servido às 16h30, seguido por um período de lazer, com jogos, piscina e academia. Às 18h, os residentes tomam banho. Entre as 19h e 20h, é feito outro período para trabalhar a espiritualidade. Em seguida é servido o jantar. Após o jantar, há atividades diferentes para cada dia da semana. Segunda e sexta-feira são dias de filme. Alguns residentes se reúnem com um grupo de oração da Igreja Católica, que vai até a Comunidade às terças-feiras. A noite de quarta é livre. Na quinta-feira, outro grupo vai até a instituição.

Aos sábados e domingos eles podem dormir até mais tarde, mas a rotina é a mesma, apenas com diferença nos horários. 
Freitas deixa claro que a Comunidade atende apenas as pessoas que querem, voluntariamente, receber o tratamento. Ao chegar, o dependente químico passa um período de 30 dias sem ter contato algum com seus familiares. As visitas acontecem todo 2° domingo do mês. 

Despesas
As despesas da Comunidade Terapêutica Vila Trindade são pagas com as mensalidades cobradas dos residentes. Segundo Freitas, a mensalidade, que custava R$ 800,00, passou para R$ 1.000,00. Nem todas as famílias de residentes têm condições de pagar o valor integral estipulado da mensalidade e acabam pagando menos. 

“Conseguimos ficar sem dívidas, mas não sobra dinheiro para mais nada”. Apenas o aluguel da chácara onde a entidade funciona custa R$ 2.500,00. 
Freitas reforça que a instituição atua legalmente, com todas as permissões necessárias e faz parte do Conselho Municipal AntiDrogas de Rolândia.

Auxílio
Todo tipo de ajuda – dinheiro, mantimentos, móveis, roupas – é bem-vinda. As doações em dinheiro podem ser depositadas na conta corrente 82019-03, agência 4018, Banco Itaú. A conta está no nome da Associação de Tratamento, Recuperação e Reinserção de Alcoolistas Toxicômanos do Norte do Paraná.

A Comunidade Terapêutica Vila Trindade fica na Rua Avelino Zago, s/n, no distrito de São Martinho. Quem quiser ajudar ou conhecer melhor a instituição pode entrar em contato com pelo telefone (43) 3240-1165. As pessoas podem, ainda, falar diretamente com os coordenadores: Luiz de Freitas (43) 9684-7322 e André Haas (43) 9639-1983.
idagencia

idagencia

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM: