10 passos para uma alimentação saudável – por Dr. Sérgio Luiz Rossi

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. 10 passos para uma...
Passo 1 – Dar somente leite materno até os 6 meses, sem oferecer água, chás ou quaisquer outros alimentos.

Passo 2 – A partir dos 6 meses, introduzir de forma lenta e gradual outros alimentos, mantendo o leite materno até 2 anos de idade ou mais.

Passo 3 – Após os 6 meses, dar alimentos complementares (cereais, tubérculos, carnes, leguminosas, frutas e legumes), três vezes ao dia, se a criança receber leite materno, e cinco vezes ao dia, se estiver desmamada.

Passo 4 – A alimentação complementar deverá ser oferecida sem rigidez de horários, respeitando-se sempre a vontade da criança.

Passo 5 – A alimentação complementar deve ser espessa desde o início e oferecida com colher; começar com consistência até chegar à alimentação da família.

Passo 6 – Oferecer a criança diferentes alimentos ao dia. Uma alimentação variada e, também, uma alimentação colorida.

Passo 7 – Estimular o consumo diário de frutas, verduras e legumes nas refeições.

Passo 8 – Evitar açúcar, café, enlatados, frituras, refrigerantes, balas, salgadinhos e outras guloseimas nos primeiros anos de vida. Usar sal com moderação.

Passo 9 – Cuidar da higiene no preparo e manuseio dos alimentos; garantir o seu armazenamento e conservação adequados.

Passo 10 – Estimular a criança doente e convalescente a se alimentar, oferecendo sua alimentação e seus alimentos preferidos, respeitando a sua aceitação. 

A alimentação a Partir de 6 Meses de Vida da Criança em Aleitamento Materno
A partir de 6 meses de vida deve-se introduzir novos alimentos saudáveis, mantendo-se o aleitamento materno até os 2 anos de idade ou mais.

As frutas in natura, preferencialmente sob a forma de papas e sucos, devem ser oferecidas nesta idade, amassadas sempre em colheradas ou espremidas. O tipo de fruta a ser oferecido terá de respeitar as características regionais, custo, estação do ano e a presença de fibras, lembrando que nenhuma fruta é contra-indicada. Os sucos naturais devem ser dados no copo, de preferência após as refeições principais, e não em substituição a estas, em uma dose máxima de 100 ml/dia com finalidade de melhorar a absorção do ferro não-heme presente nos alimentos como feijão e folhas verde-escuras.
Dr. Sérgio Luiz Rossi é pediatra atende na CLINIMED – Saúde Integrada, na rua Estilac Leal 77 – Rolândia. O fone é o (43) 3255-1717
idagencia

idagencia

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: