Rolândia inicia combate a borrachudos do zero

  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Rolândia inicia combate a...

  O combate aos borrachudos em Rolândia vai começar do zero. A informação foi passada ao Jornal de Rolândia por Paulo Lovato, técnico de gestão pública da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente. O técnico explica que o larvicida que vinha sendo aplicado nos rios não tinha efeito sobre a larva do mosquito. “O produto desaparecia assim que entrava em contato com a água do rio e não estava parando o ciclo do inseto”, relata.

  Segundo Lovato, a última aplicação do produto ineficiente foi em setembro. A população sentiu na pele, literalmente, a falta de eficácia do larvicida usado durante este ano – em qualquer lugar de Rolândia, as pessoas sofriam com o ataque dos borrachudos. A coisa se complicava mais ainda nos ambientes em que havia muita grama, como nos campos de futebol.

   Nos últimos meses o número de insetos diminuiu por conta do clima chuvoso, que impede o desenvolvimento das larvas. O novo larvicida biológico, chamado Vecto-Bac, já foi licitado e a empresa que ganhou a licitação foi a multinacional Sumitomo. A previsão é que o produto seja aplicado pela primeira vez na segunda semana de janeiro. “Aplica-se uma dose, repete depois de 15 dias e depois mês a mês”, ressalta o técnico. A demora da aplicação é por conta da compra do produto, que deve ser em janeiro, quando acabam os prazos legais para os recursos na licitação.

  O Vecto-Bac será aplicado em mais de 370 pontos nas três bacias principais do município: Ribeirão Vermelho, Bandeirantes e Cafezal. Lovato relembra que o produto utilizado anteriormente – o sem efeito – havia ganhado a licitação por menor preço, mas já estava banido de diversos municípios por falta de eficácia no combate aos insetos.

idagencia

idagencia

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM: