Liminar suspende obras em pontes

  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Liminar suspende obras em...

  Uma das construtoras que perdeu a licitação para a construção das pontes do Teresópolis (sobre o Rio Marabu), da Arcol (Rio Caramuru), da Estrada dos Pioneiros, que liga Rolândia a Pitangueiras (Rio Jaú), e do Pintassilgo (Ribeirão Vermelho) entrou na Justiça e conseguiu uma liminar suspendendo o processo licitatório nesta semana. Dessa maneira, ficam paralisadas as obras, cuja Ordem de Serviço foi assinada em dezembro e foi motivo de comemoração por parte da Administração municipal. De acordo com informações obtidas pelo JR, o Jurídico da prefeitura já está tomando providências para derrubar a liminar e continuar com as obras o mais rapidamente possível.

Relembre
   A licitação para a obra das quatro pontes, que estão entre as 11 que sofreram avarias em janeiro do ano passado, foi vencida pela empresa Contersolo, de Mandaguaçu, região de Maringá, que já esteve em Rolândia para fazer a obra do conjunto Água Verde. O custo total das pontes é de R$ 1,25 milhão: a ponte do Jaú custa 320 mil e as outras três custam R$ 260 mil cada. O recurso veio do Governo Federal através do Decreto de Calamidade Pública, provocado pelas chuvas de janeiro de 2016.

   De acordo com o prefeito Francisconi, que falou com o JR em dezembro, as obras já tinham se iniciado, pois a empresa já estava fazendo as estruturas para as pontes. “A primeira ponte a ser reconstruída será a do Jardim Teresópolis. Essa ponte será a ligação de uma nova via de acesso entre a região do Teresópolis e a região do Jardim Primavera, São Fernando, Padre Ângelo”, revelou o prefeito. A expectativa era de que a ponte do Teresópolis estivesse pronta em até 90 dias e de que as outras estariam finalizadas em até 150 dias, mas essa liminar deve atrasar, ainda, mais o processo. Os moradores da Chácara Scaburi, que precisam da ponte do Teresópolis para vir à cidade, são os que mais sofrerão com essa paralisação.
idagencia

idagencia

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM: