Equipamentos da Tchirs estão chegando

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Equipamentos da Tchirs estão...

   Uma boa parte do equipamento da Cervejaria Tchirs chegou a Rolândia nesta segunda-feira (13). De acordo com Édye N. Tanaka, vice-presidente da empresa, os caminhões e carretas trouxeram sete tanques de 6 mil litros e parte da “cozinha”. “É como é chamado o equipamento em que é fabricada a cerveja”, explica Édye Tanaka. O empresário acredita que a Tchirs começa a fabricar, em meados de março, os cinco tipos de cerveja e o chope em Rolândia.

   De acordo com o vice-presidente da Tchirs, na fábrica já está também a máquina de envase, responsável por lavar e encher as garrafas, antes de ir para a rotuladora. Tanaka também revelou que chegarão mais dois tanques de 10 mil litros e duas caixas d’água de 40 mil litros cada, todas de inox, fabricadas com o melhor material do mercado. Todo esse equipamento deve chegar até o dia 20. “Depois de 20 dias, tudo deve estar instalado e pronto para a produção. O engenheiro mecânico da fábrica de onde compramos o equipamento já está em Rolândia e só vai embora quando terminar a instalação”, afirmou Tanaka.

   Inicialmente, a Tchirs irá produzir cerca de 100 mil litros por mês, mas a empresa quer chegar a milhão de litros. Assim como a produção, a geração de empregos também irá crescer. “De imediato, vamos gerar aproximadamente 50 empregos em várias áreas: administrativa, produção, logística, venda externa”, afirmou o vice-presidente da empresa. “É só o começo, até o final do ano, queremos produzir 300 mil litros/mês e chegar a um milhão de litros até 2020”, salientou. Os empregos devem crescer na mesma proporção.

  As pessoas interessadas em trabalhar na empresa Tchirs devem enviar seus currículos para o seguinte email: recrutamento@tchirs.com.br. Édye Tanaka lembra que esses currículos chegarão até um departamento que fará a separação dos currículos de acordo com as áreas pleiteadas.

  A empresa pretende trabalhar com itens de primeira linha: o lúpulo virá da Alemanha e o malte brasileiro vem de Guarapuava. Segundo o empresário Nilson Oliveira, presidente da Tchirs, a cervejaria é um empreendimento de milhões de reais, cuja estratégia será produzir cerveja de qualidade, a preço justo e acessível.

   Inicialmente, a empresa vai produzir chope e cerveja, mas o contrato social também prevê água, suco, bebidas quentes, caipirinhas, vinhos, entre outras bebidas. A construção da cervejaria privilegiará o estilo germânico, característica pela qual é conhecida a cidade de Rolândia.

idagencia

idagencia

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: