Borrachudos: aplicação será mensal

  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Borrachudos: aplicação será...
A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Rolândia voltou a distribuir mais de 400 doses do larvicida Vecto-Bac a 61 produtores no início do mês. Essa foi a segunda dose do produto, conforme o plano do órgão em interromper o ciclo do borrachudo em vários pontos das principais bacias do município. A partir de agora, a aplicação será mensal. “Distribuiremos o larvicida todo início de mês”, revelou Paulo Lovato, técnico de gestão pública da Secretaria.

Em Rolândia, o combate aos borrachudos teve que começar do zero, pois o larvicida que vinha sendo aplicado nos rios não tinha efeito nenhum sobre a larva do mosquito. “O produto desaparecia assim que entrava em contato com a água do rio e não estava parando o ciclo do inseto”, relatou Paulo Lovato.

A última aplicação do produto ineficiente foi em setembro do ano passado e a população sentiu na pele, literalmente, a falta de eficácia do larvicida usado durante 2016 – em muitos lugares de Rolândia, as pessoas sofriam com o ataque dos borrachudos. A coisa se complicava mais ainda nos ambientes em que havia muita grama, como nos campos de futebol. O novo larvicida biológico licitado, Vecto-Bac, é da empresa multinacional Sumitomo.

O Vecto-Bac continuará a ser aplicado em centenas de pontos nas três bacias principais do município: Ribeirão Vermelho, Bandeirantes e Cafezal. Lovato relembra que o produto utilizado anteriormente – o sem efeito – havia ganhado a licitação por menor preço, mas já estava banido de diversos municípios por falta de eficácia no combate aos insetos. 
idagencia

idagencia

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM: