Cai liminar que suspendia licitação de quatro pontes em Rolândia

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Cai liminar que suspendia...
A prefeitura de Rolândia conseguiu uma vitória e o juiz Marcos Rocha indeferiu a liminar que suspendia a tramitação da licitação das pontes do Teresópolis, da Arcol (Rio Caramuru), da Estrada dos Pioneiros, e do Pintassilgo. A decisão da Justiça aconteceu na sexta-feira (17) e a prefeitura tem de publicar a decisão e esperar por cinco dias para ver se há alguma manifestação da outra empresa que participou da licitação – o que não deve ocorrer, já que é a vencedora do processo.

A Ordem de Serviço (OS) para a reconstrução das pontes do Teresópolis (sobre o Rio Marabu), da Arcol (Rio Caramuru), da Estrada dos Pioneiros, que liga Rolândia a Pitangueiras (Rio Jaú), e do Pintassilgo (Ribeirão Vermelho) foi assinada no início de janeiro pelo prefeito de Rolândia, Luiz Francisconi. A licitação para a obra das quatro pontes, que estão entre as 11 que sofreram avarias em janeiro passado, foi vencida pela empresa Contersolo, de Mandaguaçu, ao custo total de R$ 1,225 milhão: a ponte do Marabu custa 265 mil e as outras três custam R$ 320 mil cada. O recurso veio do Governo Federal através do Decreto de Calamidade Pública, provocado pelas chuvas de janeiro de 2016. 

De acordo com informações colhidas na prefeitura, o Ministério da Integração precisa enviar a OS para as pontes efetivamente começarem, pois com a liminar, o processo ficou parado. O secretário de Planejamento, Dario Campiolo, afirmou que foram feitos contatos para apressar o envio da OS, antes mesmo da decisão da Justiça.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: