Rolândia é 1ª cidade do País a receber o robô Albert

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Rolândia é 1ª cidade...

  Rolândia é o primeiro município brasileiro a receber um projeto-piloto entre os governos sul-coreano e brasileiro: o simpático robozinho Albert. Desenvolvido pela SK Telecom, da Coreia do Sul, o equipamento foi apresentado aos cerca de 570 alunos da escola municipal Maria do Carmo, no Domingos Neves, na manhã de quarta-feira (11). “O objetivo dessa parceria é incentivar a Educação no Brasil com esse Smart Robô, um projeto que foi premiado no mundo todo”, explicou o advogado Hélio Camargo, sócio da empresa sul-coreana.

  O advogado esteve em Rolândia acompanhado de Eduardo Kim, diretor da SK Telecom, que fez questão de demonstrar as habilidades de Albert pessoalmente, para as crianças, que ficaram encantadas. “O robô funciona com os celulares do sistema androide e as crianças podem aprender inglês, matemática, tudo através do Albert e dos celulares”, explicou Kim. Cada robozinho tem a capacidade de se unir a vários aparelhos por bluetooth. “O celular pode ser usado para se aprender e não só para brincar”, reforçou Camargo.

  Inicialmente, foram trazidos alguns robôs para que os alunos pudessem ter o primeiro contato, mas os aparelhos ainda estavam na versão que trazia inglês e castelhano, sem português. Os cerca de 20 “Alberts” que chegarão estarão já em português, atualizados. “Cada robô virá com um celular para ser utilizado, mas outros celulares podem ser usados também”, revelou Kim. A ideia é que todos os alunos possam ter contato com o robozinho durante as aulas, para é despertar o interesse da criança, em fase de aprendizado, a utilizar novamente os livros. Albert os induzirá a isso.

  De acordo com Rosilene Moloni, secretária de Educação de Rolândia, quatro professores da escola Maria do Carmo serão treinadas para que se aproveite ao máximo o robô. “Serão duas professoras de inglês e duas pedagogas”, revelou a secretária. Rosilene afirmou que o projeto funcionará como um piloto na escola Maria do Carmo, não só para Rolândia, mas para todas as escolas municipais de cidades de médio porte. “Essa escola tem estrutura física adequada e condições que os sul-coreanos procuravam para implantar o projeto”, enfatizou.

  Durante a sua fala, Hélio Camargo lembrou o trabalho do deputado estadual Cobra para a vinda dos equipamentos e citou o ex-prefeito Johnny Lehmann. As próximas cidades que irão conhecer os robozinhos, e depois recebê-los, são Londrina (como cidade de grande porte), Primeiro de Maio e Terra Rica (cidades de pequeno porte).

idagencia

idagencia

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: