Panfletos diferenciam UBS e PA

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Panfletos diferenciam UBS e...
A secretaria de Saúde confeccionou quatro mil panfletos informativos para diferenciar as atribuições das Unidades Básicas de Saúde (UBS) e do Pronto-Atendimento (PA). O material está sendo distribuído nas UBS, em todos os serviços de saúde do município e os agentes de saúde também deverão entregá-lo nas visitas às casas, para orientar a população. Karla Ulinski, diretora de Atenção Primária da Saúde, disse que a secretaria “quer sensibilizar a população da importância de saber diferenciar os serviços que ela vai procurar”. 

A conscientização é um processo contínuo e neste ano começou com os profissionais de saúde do município, que passaram por uma reorganização do serviço e capacitação em relação à classificação de risco (foto) nas UBSs e PA, que é uma orientação do Ministério da Saúde e prevê que os pacientes sejam atendidos pela ordem de gravidade e não por ordem de chegada. “Primeiro a gente sensibilizou os profissionais”, explicou Shirley Rezende, diretora de urgência e emergência. “Nossa intenção é que a população tenha conforto, um horário agendado, que nós não precisamos das filas, nós conseguimos ordenar esses cuidados, mas para isso nós estamos passando por uma transformação do serviço e isso leva tempo”, complementou a diretora de Atenção Primária. 

Como está explicado no panfleto, o PA atende urgência e emergência e situações agudas. Mas, como Karla relatou, é frequente que pacientes nos menores níveis de classificação de risco procurem o PA quando deveriam ir até uma UBS. “Vai aumentar o tempo de espera no PA, ele vai receber um atendimento que muitas vezes não vai ser resolutivo como seria um acompanhamento na UBS”, esclareceu Karla. “Nós queremos que a pessoa tenha essa consciência que se for um problema, uma situação aguda, que procure o PA”, complementou. “Se a pessoa está em uma situação de urgência na residência, ligue para o SAMU, através do 192”, lembrou Shirley.

“Hoje o paciente procura a UBS achando que é a primeira porta de entrada dele para urgência é a atenção básica, mas ele pode e deve procurar o PA”, afirmou a gerente de Atenção Primária, Liliane Costa. Segundo o panfleto, as UBSs realizam atendimentos como curativos, vacinas, consultas e acompanhamentos de situações crônicas. “Nós ainda precisamos conscientizar a população para que ela procure a unidade de saúde quando é uma demanda que pode ser agendada, que não requer urgência ou emergência”, destacou Karla. As UBSs estão priorizando os atendimentos com hora marcada.  A conscientização é importante para que não aconteçam situações como a que a diretora relatou. “Há aquela pessoa que muitas vezes tem que procurar várias vezes o PA, mas o problema dela não vai ser resolvido. Na verdade, só vai ser resolvido no momento, porque não vai ter o tratamento adequado, acompanhamento e continuidade na UBS”, explicou.  

As UBSs funcionam de segunda a sexta das 7 às 18h sem horário de almoço. Aos sábados, domingos e feriados a referência é o PA, que funciona das 7 às 19h, e de segunda a sexta das 7 às 22h. Os endereços e telefones de cada uma das unidades constam no verso do panfleto.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: