Operação da PM multa 15 veículos em menos duas horas por som alto

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Operação da PM multa...

No último sábado (27), policiais do 15° Batalhão de Polícia Militar realizaram uma operação-surpresa em Rolândia para multar veículos com som alto, infração de trânsito prevista pela Resolução n° 624 do Contran em vigor desde 2016. A resolução proíbe a utilização, em veículos de qualquer espécie, de equipamento que produza som audível pelo lado externo, independente do volume ou frequência, quando houver perturbação da ordem pública em vias terrestres.

De acordo com Tenente Ugo, policiais à paisana circulavam identificando os veículos com som alto e repassavam as informações para os outros policiais, que realizavam a abordagem dos infratores na operação que durou duas horas. O Tenente explicou que a multa para essa infração de trânsito é de R$ 195 e cinco pontos na carteira. Além disso, ele afirmou que essa não será uma operação isolada, pois a PM planeja dar continuidade às abordagens em veículos com som alto.

Essa operação veio como um complemento da reunião de sexta-feira (26) na Câmara Municipal, ocasião em que os vereadores discutiram com Tenente Ugo as demandas de segurança em Rolândia. “Os vereadores sabem da demanda da população e eles trazendo isso para a Polícia Militar a gente vai conseguir atender a necessidade da população”, destacou. “Algumas demandas que eles pediram para a Polícia Militar a gente vai levar e vai atender”, afirmou. A reunião teve a presença das vereadoras Edileine Griggio (PSC) e Profª Maria do Carmo (PSDB) e dos vereadores Irineu de Paula (PSDB), Alex Santana (PSD), Andrezinho da Farmácia (PSC), Reginaldo Silva (SD) e Rodrigão (SD) e o Presidente da Câmara, Eugênio Serpeloni (PSD).

Entre os assuntos estavam o som alto, grande número de furtos e roubos e viaturas. O Tenente apresentou as estatísticas de furtos e roubos na cidade, comparando os anos de 2016 e 2017, mostrando que em algumas áreas houve diminuição e em outras, aumento. “Os números não mentem, então a gente mostrou essa realidade do que está acontecendo em cada lugar e bairro de Rolândia para poder dar uma visão melhor para os vereadores”, disse. Tenente Ugo explicou que o alto índice de roubo e furto se deve ao tráfico de drogas que, por consequência, fomenta a prática do crime. Ele também solicitou o apoio dos vereadores para conseguir mais viaturas junto aos deputados. 

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: