José de Paula avalia sua administração

  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. José de Paula avalia...

O atual presidente da Câmara Municipal, José de Paula, avaliou sua administração como prefeito interino do município, em entrevista ao Jornal de Rolândia. Foram 236 dias de administração, totalizando quase 8 meses de governo. Na segunda-feira (21), Zé de Paula passou o cargo ao novo prefeito, Luiz Francisconi Neto.

JR: Como você avalia sua passagem como prefeito interino na Prefeitura?
Zé de Paula: Eu avalio positivamente. Eu peguei o município totalmente deficiente, um orçamento deficiente, os fornecedores todos atrasados, um hospital fechando, um cemitério sem dinheiro. Eu avalio que nós tivemos grande sucesso, graças a Deus, e uma boa equipe de secretários que eu coloquei para me ajudar a administrar Rolândia. E o nosso povo e a própria imprensa têm me ajudado muito. Nós abrimos a porta do gabinete à nossa população, fazendo audiência pública uma vez por mês. Fizemos várias estradas rurais, que estavam paradas. Tivemos vários sucessos na área da saúde também, mas não completamos o que devia ser feito. O tempo foi curto.

JR: Você deixa a cidade sem dívida. Há algum dinheiro no caixa?
Zé de Paula: Nós tivemos o REFIS e deu algum dinheiro. Pagamos todas as contas, pagamos o 13° dos servidores e hoje tem um caixa equilibrado. Eu economizei R$ 1.700.000,00 nesse período.

JR: Em que condições está o novo cemitério hoje?
Zé de Paula: O início é a pavimentação, depois fazer uma escavação para colocar os túmulos. Não tem muita coisa e já está orçado. Temos um recurso que conseguimos junto ao deputado Ratinho Junior, de R$ 1.700.00,00, que dá para fazer mais da metade. Já deixamos com a solução.

JR: Você fez a requisição administrativa do São Rafael. O hospital está sob indicativo de interdição ética. Como você está vendo isso? Você acha que está deixando o hospital numa situação melhor do que você pegou?
Zé de Paula: Eu vejo que estou deixando melhor, mesmo com essa interdição. Vejo que fica melhor e mais fácil. Eu deixo equilibrada a situação, com uma diretoria muito séria. Deixo o hospital em melhor situação do que estava.

JR: Com relação ao reajuste dos servidores, o projeto vai para a Câmara quando? Tem que votar até 20 de janeiro para eles receberem até o dia 30.
Zé de Paula: Eu vejo que agora é com o Luiz Francisconi. Mas a minha parte eu já fiz, deixei com 11% de aumento. Ele tem que cuidar do orçamento futuro. Fizemos uma correção da tabela.

JR: E a sua volta à Câmara?
Zé de Paula: Eu quero paz. Esse ano é um momento político, se iniciarmos uma briga política a população vai perder. Eu, como presidente da Câmara, vou realmente colocar a paz. Vou trazer os vereadores, dizer da importância de cada um, a importância da Câmara para o prefeito e para o município e de caminharmos de mãos dadas, junto com o novo prefeito. Nós vereadores precisamos trabalhar unidos para ajudar a população. A Câmara está bem representada. Tem algumas melhorias que vamos fazer, mas vai muito bem.

Zé de Paula também comentou que, durante seu governo, várias ruas foram pavimentadas e o posto de saúde do Santiago foi ampliado. “Eu vejo que a dificuldade foi minha, o doutor Francisconi pode tocar com mais tranquilidade”, concluiu.

idagencia

idagencia

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

VEJA TAMBÉM: