Era de Deus e voltou para Ele

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Era de Deus e...

   A pequena rolandense Isabelly Vitória Pardim de Deus Mello, de 2 anos e 5 meses, faleceu no final da tarde desta sexta-feira (15) no Hospital Universitário (HU) de Londrina, onde estava internada. A notícia foi divulgada pela mãe da criança, Dieidy Dayanne Pardim de Deus Mello, em sua conta em uma rede social. De acordo com as palavras da mãe, Isabelly estava internada com o coração inchado e pedia por orações. “… ela estava com 41 graus de febre e ficou roxa várias vezes e conseguiram fazer ela voltar… peço a todos que orem para que ela não sofra mais, está doendo muito vê-la sofrer. Que Deus faça a sua vontade e não a nossa” escreveu Dieidy, na manhã desta sexta-feira.

  Por várias vezes, a reportagem do JR conversou com Wagner Roberto de Mello, pai de Isabelly. A luta empreendida pelo casal para que a filha pudesse sobreviver inspirou muitas pessoas, de Rolândia e de outras cidades.

Relembre
  Isabelly foi internada em dezembro de 2013 com um problema que a impedia de produzir anticorpos e mecanismos de defesa contra outras doenças. A menina passou alguns meses sendo tratada no Hospital Infantil de Londrina, e só foi transferida para o HC de Curitiba, em junho de 2014, numa decisão da Justiça. Passou mais de um ano em hospitais. Na capital, Isabelly recebeu a medula da mãe, Dieid Daiane Pardim de Deus Mello, 21, e deu início a uma recuperação impressionante.

  Obrigado pela Justiça, o Estado do Paraná cedeu um marca passo diafragmático para ser implantado na menina, numa verdadeira novela. A cirurgia foi realizada em fevereiro de 2015 e, em maio, Isabelly veio para sua casa em Rolândia.

  A Justiça novamente entrou em cena e obrigou o Estado e o Município a fornecerem um tratamento domiciliar à pequena (Home Care) – decisão que foi alvo de apelação por parte do Paraná e de Rolândia. A Justiça também obrigou a Copel a não cortar a energia da casa de Isabelly – as contas estavam atrasadas devido aos sucessivos aumentos.

idagencia

idagencia

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: