Cão morreu em incêndio de casa em Rolândia

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Cão morreu em incêndio...

  O incêndio que consumiu boa parte de uma residência em Rolândia, no início da manhã de sexta-feira (29), provocou a morte de um cãozinho, que pertencia à filha da dona da casa. O cãozinho era da raça poodle, tinha mais de 10 anos e não conseguiu fugir do fogo e da fumaça. A dona da casa, Dalci Nunes de Almeida, de 75 anos, que morava sozinha, respirou apenas um pouco de fumaça e passa bem. A filha de Dalci, que mora em Londrina, deixou o animal com a mãe para lhe fazer companhia.

  De acordo com informações recolhidas no local, Dalci acordou com a fumaça e com o calor. Quando levantou, viu as chamas na sala e buscou a porta da cozinha para escapar. Ela tropeçou, machucou os joelhos, mas continuou avançando, engatinhando, até encontrar a porta trancada. A moradora não conseguia ficar em pé devido à fumaça e começou a gritar por socorro. Os vizinhos arrebentaram a porta e ela foi salva. Levada ao hospital São Rafael, ficou em observação por ter inalado muita fumaça. À tarde, já estava de volta ao local e ficou sentada na casa do fundo, olhando a sua residência, ou o que sobrou dela.

  Sobre as causas do incêndio na casa, que fica na rua Prudente de Moraes, ao lado do cemitério municipal, Dalci acredita que a causa pode ter sido um ventilador que era ligado, pelos fios, diretamente na tomada. Esse ventilador estava no quarto dela, mas era ligado na tomada da sala.

idagencia

idagencia

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: