Editorial – Edição: 696 – sexta-feira, 14-09-18

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Editorial – Edição: 696...
    Olá, leitor e leitora do JR

    O Gaeco e o Gepatria vieram para Rolândia, foram para a prefeitura, para as casas e empresas de pessoas envolvidas na Operação Patrocínio, que investiga propinas entre secretários e empresários de Rolândia. Amparados pela Justiça, os dois órgãos buscaram documentos e computadores, principalmente. E não foi só isso. O prefeito Luiz Francisconi e mais 08 servidores foram afastados de suas funções. Todos se apresentaram à Justiça no Fórum na tarde de ontem (quinta-feira). O Ministério Público pediu a prisão dos investigados, o afastamento de suas funções e o uso de tornozeleira eletrônica. O desembargador disse não à prisão, mas sim à tornozeleira e ao afastamento. Roberto Negrão, vice que estava como prefeito em exercício, já que Francisconi estava de licença (autorizada pela Câmara, continua no cargo. Um de seus primeiros atos foi o de exonerar todos os servidores envolvidos na Operação. Depois, nomeou novos secretários.

    Conseguimos uma entrevista exclusiva com o prefeito afastado Luiz Francisconi – os vídeos postamos ontem à noite nas redes sociais. O prefeito afastado falou sobre a situação, o afastamento, a tornozeleira eletrônica e sobre o vice-prefeito Roberto Negrão.
Tudo isso pode ser lido e visto nas matérias das páginas 03, 05 e 06.

    A Realidade Aumentada está em oito matérias desta edição. Para aproveitar mais o seu JR, baixe o Zappar e assista aos vídeos. As reportagens, matérias e entrevistas que têm vídeos estão marcadas com o símbolo do Zappar. 

Boa leitura nesta edição e bons vídeos.

Josiane Rodrigues
Editora

José Eduardo
Editor

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: