Parque Estadual Pico do Marumbi tem aventura e verde preservado

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
  1. Home
  2. /
  3. Notícias Antigas
  4. /
  5. Parque Estadual Pico do...

Com diversas cachoeiras, trilhas e espaço para acampar, o Parque Estadual Pico do Marumbi, na Serra do Mar, é uma ótima opção para aproveitar o verão e conhecer mais sobre o Paraná. O local é administrado pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e passou por uma série de melhorias em 2015 para bem receber os turistas.

O parque do Marumbi abrange os municípios de Morretes, Quatro Barras e Piraquara e é a maior unidade de conservação do Estado aberta ao público. O local também é considerado Patrimônio da Humanidade e Reserva da Biosfera pela Unesco, pela proteção à Floresta Atlântica.

A Unidade de Conservação conta com diversas belezas naturais, protege um conjunto de montanhas e, por isso, atrai adeptos do montanhismo, da canoagem, campistas e amantes da natureza. Nos fins de semana, o parque recebe em média 400 visitantes.

PLANEJAMENTO – O gerente da unidade de conservação, Lothário Stoltz, afirma que os turistas devem planejar o passeio com antecedência e levar itens como lanternas e pilhas extras. “Além de vestir roupas leves e sapatos resistentes, o visitante deve levar água, alimentos e o protetor solar”, aconselha Stoltz.

Para dar melhores condições de atendimento e segurança aos visitantes, o acampamento no parque só pode ser feito na área do camping mediante reserva, sendo proibido no topo dos morros. Além disso, também é proibido ingerir bebidas alcoólicas dentro do local.

SEGURANÇA – Para coibir danos ao meio ambiente e garantir a segurança dos visitantes é preciso que as normas da Unidade de Conservação e as orientações dos funcionários do local sejam respeitadas. Entre as orientações estão: não retirar plantas ou animais silvestres do seu habitat natural, não fazer fogueiras e seguir as trilhas abertas pela administração do parque.

Segundo o gerente, nesta época do ano também é preciso ficar atento às áreas perto de rios. “Por causa da grande quantidade de chuvas acontece um fenômeno chamado cabeça d’água, um aumento repentino do nível dos rios, que pega os turistas desprevenidos e pode ocasionar afogamentos”, diz Stoltz.

ATRATIVOS:
PICO MARUMBI – Localizado dentro do parque, o pico, que também é conhecido como Monte Olimpo, é o ponto preferido dos turistas para a prática do montanhismo. Com 1539 metros, o local se destaca pela altura e conta com opções de escaladas em todas as modalidades e graus de dificuldades.

SALTO DOS MACACOS – Despencando de um paredão de 70 metros de altura, o Salto dos Macacos é composto por duas cachoeiras e uma profunda piscina natural. A trilha de acesso nasce na estrada das Prainhas, com um percurso que dura duas horas.
Por medida de segurança, a subida no local só é permitida para turistas que chegarem até às 9h no parque.

COMO CHEGAR – A principal forma de acesso é por trem, que sai diariamente, às 8h15, da Rodoferroviária de Curitiba e leva duas horas para chegar até a sede do Parque Estadual do Marumbi, no município de Morretes.
O visitante também pode ir de ônibus, saindo de Curitiba até a rodoviária de Morretes, onde um ônibus municipal vai até o vilarejo de Porto de Cima.

Quem vai de carro de passeio deve seguir pela BR-116 e entrar na Estrada da Graciosa, seguindo até o vilarejo de Porto de Cima. Os oito quilômetros restantes, até a Estação do Marumbi, devem ser percorridos a pé, de bicicleta ou de carro com tração 4×4.

Serviço
Parque Est. Pico do Marumbi
Fone: (41) 3462-3598
pemarumbi@iap.pr.gov.br
Horário de atendimento: de quarta-feira a domingo, das 8h às 18h

idagencia

idagencia

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

VEJA TAMBÉM: